O Sono da Morte


Por Kiane Berté

27/11/2020 13h39 - Atualizado em 27/11/2020 13h42



Cody e sua mãe adotiva (Foto: Divulgação)

Oi pessoas, tudo bem?

 

Cá estou eu, dando dicas de filme novamente. Eu amo assistir séries, mas ultimamente a fileirinha do Top 10 da Netflix vem me conquistando pra caramba (vou nem falar sobre os filmes de natal, que logo, logo, vou fazer uma listinha com os melhores pra vocês).

Capa do filme (Foto: Divulgação)

O Sono da Morte

 

Esse filme pode parecer perturbador só pela capa dela e descrição. E na verdade é sim, até certo ponto. Esse filme é tipo um “terror do bem”.

 

Aqui vamos conhecer a história do pequeno Cody, um menininho órfão e muito educado, que acaba sendo adotado por Jesse e Mark, que perderam o único filho que tinham. Com o passar dos dias, o casal acaba descobrindo que o menino tem um dom mágico e que pode materializar seus sonhos.

 

Através de alguns desses sonhos, o Cody até trás de volta – como se fosse de verdade – o filho morto dos seus novos pais, através da lembrança de uma fotografia que viu do menino na parede da casa quando chegou. Através disso, a nova mãe do garoto passa a mostrar uma versão dela muito sinistra. Ela usa da fragilidade do Cody para poder ver novamente o filho que se foi.

 

Ela chega até a drogar o pobre menino para fazê-lo dormir mais. Gostei não!

Cody é um menino órfão (Foto: Divulgação)

Um detalhe bem importante é que o menino é fissurado em borboletas e as borboletas têm diversos significados quando se trata de vida e alma, conforme o que eu li e sei. Elas podem representar alegria, liberdade, mudanças... Dizem que quando vemos uma borboleta ou sonhamos com alguma, isso pode ser uma mensagem (se liga nisso no filme quando for assistir, tá?). Sou bem supersticiosa com essas coisas e acredito em tudo o que me contam do sobrenatural.

 

Voltando ao Cody: ele evita dormir ao máximo, porque tem pesadelos dos quais se assusta demais e o faz lembrar-se de sua mãe já falecida (fiquei impressionada com a atuação do gurizinho; ele é muito bom no que faz).

 

Dentre esses pesadelos, o “Homem cancro” aparece para nos dar um sustinho. Ele vem durante o sono profundo do garoto para poder sequestrar pessoas e levá-las para Deus sabe lá aonde (até hoje não sei se isso foi um furo do diretor ou se era pra fazer algum sentido; confesso que pra mim não fez sentido algum).

 

Bom, eu não posso mais falar sobre, porque sou péssima em contar alguma história sem deixar spoilers. Então, essa é a minha deixa para que vocês assistam ao filme. 

 

Beijos de luz e ótimo final de semana.

Borboletas aparecem durante o sono profundo de Cody (Foto: Divulgação)

Kiane Berté

Kiane Berté tem 25 anos e trabalha como jornalista e fotógrafa. Nas horas vagas escreve suas histórias de romance curiosas e sonha junto delas com um mundo mais encantado e cheio de amor. Sonhadora, ela vê através das páginas de um bom livro a oportunidade de viajar para onde quiser sem sair do lugar


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.