Tropeço dos líderes, Chape campeã do turno e as mulheres no Brasileirão Feminino


Por Jarbas Ritter de Ramos

02/11/2020 10h39 - Atualizado em 02/11/2020 10h39



Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Tropeço dos líderes

 

O fim de semana do campeonato Brasileiro foi atípico, os líderes perderam seus jogos, tanto Internacional como Flamengo foram mal e agora veem os adversários se aproximarem, podendo serem alcançados pelo Galo, que joga hoje à tarde com o Palmeiras no Allianz Parque.

 

Além desse jogo, falta o jogo do Grêmio, em casa diante do Bragantino, para fechar a rodada. Nos oito jogos até agora, destaque para o resultado um a zero, que ocorreu em quatro partidas (Corinthians 1x0 Internacional, Coritiba 1x0 Atlético-GO, Fortaleza 0x1 Fluminense e Sport 1x0 Atlhético-PR). Desses o mais importante foi a derrota colorada em São Paulo.

 

Mesmo atuando fora de casa, o Internacional era favorito contra o Corinthians, que está no meio da tabela, jogando mal e mesmo assim venceu o Inter, e detalhe, sem sofrer sustos, foi uma vitória tranquila, diante de um colorado apático em campo, que não demonstrou poder de reação após sofrer o gol, e deixou a torcida com uma pulga atrás da orelha, será o Inter capaz de brigar por esse caneco?

 

A rodada teve ainda a goleada do São Paulo em cima do Flamengo, no Maracanã, 4x1 com uma atuação de gala do goleiro Volpi, afinal não é todo dia que se defende dois pênaltis. A boa vitória do Santos em casa em cima do Bahia, por 3x1, e os empates de Botafogo e Ceará, dois a dois, aliás, nada de novo em vermos o Botafogo empatar, é o décimo primeiro empate em 18 jogos, e Goiás e Vasco, um a um, ambos afundados na zona da degola.

 

Chape campeã do Primeiro Turno da Série B

Foto: Guilherme Griebeler/ACF

Na série B podemos afirmar que tem um time que manda, e é a Chapecoense. O verdão do Oeste assegurou no fim de semana o título do turno, apesar de não valer nada, é importante, mostra a força da Chapecoense nessa primeira metade da competição. O verdão termina com 40 pontos, quatro a mais que o vice-líder Cuiabá. São 11 vitórias, sete empates e apenas uma derrota. Além disso, a Chapecoense tem a melhor defesa da competição, sofreu apenas cinco gols, é isso mesmo, a defesa do Verdão é praticamente intransponível.

 

Ainda na Série B, a reta final do turno marcou a recuperação do grande favorito Cruzeiro, a chega de Felipão deu um ânimo ao clube celeste, que embalou fazendo sete dos nove pontos possíveis nas últimas três rodadas, se continuar nessa pegada deve brigar por uma das quatro vagas de acesso.

 

Brasileirão Feminino

Foto: Tetê Viviani

Outra competição importante é o Brasileirão feminino. Por força de lei os clubes precisaram investir na modalidade, não deveria ter sido assim, mas já que precisou, pelo menos podemos ver elas brilhando nos campos, com mais incentivo por parte dos grandes clubes.

 

E o resultado é a presença de camisas tradicionais na briga, nesse fim de semana foram definidos os semifinalistas, São Paulo passou pelo Santos e agora vai pegar o Avaí/Kindermann que despachou as coloradas. Do outro lado o Palmeiras passou pela atual campeã Ferroviária e agora deve pegar o Arquirrival Corinthians, isso porque a definição ocorre nessa segunda, mas a vantagem das paulistas é grande no confronto com o Grêmio, na ida, em Porto Alegre, as gremistas perderam por 3x0.

 

Jogador Destaque da Semana

Foto: André Durão/GE

O jogador destaque da semana não poderia ser outro, o goleiro Tiago Volpi do São Paulo. O arqueiro teve uma atuação de gala na tarde de ontem, pegando dois pênaltis e ajudando o tricolor a vencer o atual campeão Flamengo no Maracanã.

 

O catarinense Volpi chegou ao São Paulo no final de 2018, e no tricolor tinha a difícil missão de substituir Rogério Ceni. Isso porque nos anos anteriores vários goleiros passaram por ali, todos com insucessos, o que deixou a torcida muito brava, seria alguém capaz de assumir a posição?

 

Foi então que Volpi chegou e assumiu, jogou bem em 2019 e esse ano está se consolidando como um dos líderes do time, são boas atuações nesse ano, que estão fazendo o torcedor tricolor esquecer Ceni, pelo menos por enquanto.

Jarbas Ritter de Ramos

Jornalista por formação, palmeirense de coração. Nascido e criado no Oeste catarinense, coordeno a Rádio 100.7 FM e trabalho com comunicação há uma década. Apaixonado por futebol e outros tantos esportes, do xadrez ao automobilismo, gosto de assistir e praticar. Falo sobre futebol e o que mais merecer destaque, de maneira leve e descontraída.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.