Acumulei certificados e não acumulei dinheiro


Por Jaime Folle

30/10/2020 13h31 - Atualizado em 30/10/2020 13h31



Este é um reclame que tenho ouvido nos últimos anos, diante das novas gerações de adultos que obtiveram as melhores condições de formação acadêmica e outros cursos, porém não aprenderam a acumular dinheiro.

 

Falo isso com uma certa propriedade, até porque fui professor universitário por muitos anos e uma das minhas maiores preocupações com os estudantes era fazer com que o aprendizado e a formação lhes encaminhassem para os resultados, e não somente para o status de empilhar certificados.

 

O que está evidente nos últimos anos, é que a formação parece que nunca termina, porém o que está faltando é justamente a formação. Tem gente que além da faculdade já acumulou dezenas de outros certificados e não consegue enxergar uma luz que lhes dê um norte profissional e financeiro para o direcionamento de suas vidas.

 

Historicamente se sabe que as universidades dão a base técnica, porém não preparam os jovens para o mercado, e muito menos ensinam a ganhar dinheiro, com isso vemos um monte de gente bem formada e mal-informada sobre os resultados que deveriam colher das certificações.

 

O que me parece é que os jovens de hoje estão muito protegidos, se preparam demais e aprendem de menos, acumulam certificados de todas as espécies, de diversas áreas, e não conseguem se achar profissionalmente, pois o grande erro está no excesso de informação desencontrada, parece ter mais doutor de palco receitando fórmulas mágicas e assustadoras em relação ao futuro do que alguém simples orientando como ganhar e acumular dinheiro, e isso não vem com uma pilha de certificados, pois sem esforço e muito trabalho, a formação não serve para nada.

 

Não querendo ser saudosista, mas se olharmos um pouco para trás, vemos grandes empreendedores, sem formação alguma, alguns até analfabetos, e apenas com o arrojo e determinação, construíram grandes fortunas. O que estas pessoas têm em comum é independência e autoconfiança, e sem medo de ser feliz, transformam o medo como seus aliados para ganhar dinheiro e fazer o resultado.

 

Os grandes bloqueadores, de qualquer ser humano, que não saiba separar uma coisa da outra, é quando se sabe demais, com isso colocam à frente o medo em tomar decisão, formando bloqueadores para correr riscos – quanto mais sei, mais medo tenho! Por isso, às vezes, é melhor saber de menos e ter mais coragem do que saber demais e ter medo pelo excesso de conhecimento.

 

Até a próxima!

Jaime Folle

Formado em empreendedorismo, é um dos mais renomados palestrantes do Sul do Brasil. Está na área desde 2005. É também escritor de vários livros.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.