Briga pelo título do Brasileirão, Chape muito bem na Série B e Lebron dominante na NBA


Por Jarbas Ritter de Ramos

12/10/2020 13h05 - Atualizado em 12/10/2020 13h07



Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

Brasileirão promete

 

O fim de semana foi de confirmações no Campeonato Brasileiro. Atlético Mineiro, Internacional, Flamengo e Inter vão brigar pelo título. Marinho e Galhardo são hoje os melhores jogadores atuando no país. Vasco da Gama é um grande cavalo paraguaio. Palmeiras não treina, Corinthians vai brigar para não cair e o voo do Grêmio está atrasado, combustível muito caro, e o Renato não consegue decolar.

 

Uma rodada importante para o São Paulo, que venceu pela primeira vez o Palmeiras no Allianz Parque, quebrou o tabu e se fortaleceu. O Santos, sob a batuta de Marinho, venceu o Grêmio, e também mostra força, assim como Flamengo, Atlético Mineiro e Internacional, que com boas vitórias estão na ponta da tabela, aliás, colorados agradeçam à Marcelo Lomba, que fez uma defesa monumental nos acréscimos e evitou o empate.

 

O Corinthians perdeu mais uma, dessa vez com uma a mais em campo, e contando com falhas dos líderes do time, Gil e Cássio. Após o jogo o alvinegro anunciou Vagner Mancini para o cargo de treinador.

 

No Rio de Janeiro, Fluminense e Botafogo estão mostrando força, ambos venceram seus jogos, e estão subindo na tabela, já o Vasco perdeu o clássico para o Flamengo e já está em queda livre, vai brigar para não cair.

 

Chapecoense nos trilhos

Foto: Marcio Cunha ACF

Na série B, a Chapecoense está cada vez mais sólida, no fim de semana empatou fora com o Figueirense, e agora são 26 pontos em 13 jogos, média de campeão, portanto, mais do que necessário para subir para a elite.

 

A solidez do Verdão do Oeste é impressionante, o time só levou quatro gols até aqui, metade dos gols sofridos pelo América Mineiro, segunda melhor defesa da competição. O ataque não vai bem, foram apenas 11 gols, metade do melhor ataque, Juventude, com 22 gols, porém, com uma defesa tão boa, quando marca, quase sempre é vitória.

 

O ano parece ser de retorno à primeira divisão, o trabalho está sendo bem feito, é só se manter nos trilhos, que dificilmente a Chapecoense perde uma das quatro vagas. Uma nota positiva também para outro Verdão, o Cuiabá, líder da competição e jogando muita bola, por outro lado, o Cruzeiro, que deveria estar brigando lá em cima, é vice lanterna, demitiu mais um técnico e parece cada vez mais longe do retorno, correndo riscos de cair para a terceira divisão.

 

Seleção estreia bem

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A seleção de Tite estreou com goleada na última sexta-feira, nas eliminatórias para a Copa do Mundo. Em casa, a amarelinha não tomou conhecimento da Bolívia, aplicou um cinco a zero, que poderia ter sido bem mais.

 

Destaques individuais foram Firmino com dois gols e Neymar, que não marcou, por incrível que pareça, mas voou em campo, distribui assistências e muitos dribles. Jogou bonito, plasticamente falando, mas sempre com objetivo, em busca do gol e sem firulas. Se jogar sempre assim, é o melhor do mundo, porque futebol ele tem, mas às vezes acaba esquecendo.

 

Amanhã o duelo é fora de casa, em Lima no Peru contra os peruanos, jogo bem mais difícil, complicado, um bom teste para vermos se realmente a seleção do Tite está no caminho certo.

 

Jogador Destaque da Semana

Foto: Mike Ehrmann/Getty Images

Caros leitores, me permitam hoje desviar o foco desse tópico, sempre trago aqui o jogador destaque da semana no futebol, já passaram por aqui Keno, Marinho e Galhardo, que poderiam estar aqui de novo, pois os três foram muito bem no fim de semana, porém excepcionalmente hoje o jogador da semana será de outro esporte, ele dá show com a bola laranja, Lebron James.

 

O astro norte americano venceu ontem, ao lado dos seus companheiros do Los Angeles Lakers, o título da NBA, liga de basquete norte americana, a mais importante do mundo. É o quarto título de James, os outros vieram com o Miami Heat, em 2012 e 2013 e com o Cleveland Cavaliers, em 2016.

 

No jogo seis das finais, realizado ontem à noite, na Bolha da Disney, montada pela NBA para finalizar a temporada em meio à pandemia de Covid-19, Lebron foi extraordinário, com um triplo duplo de 28 pontos, 10 assistências e 14 rebotes ele comandou o massacre dos Lakers, que no intervalo da partida já estava com o jogo ganho.

 

Lebron James é o melhor jogador de basquete do mundo há pelo menos uns 12 anos, é um monstro, e mesmo aos 35 anos, demonstra uma vitalidade de garoto, ao lado de Antony Davis pode buscar mais títulos e se igualar a Kobe e Jordan.

Jarbas Ritter de Ramos

Jornalista por formação, palmeirense de coração. Nascido e criado no Oeste catarinense, coordeno a Rádio 100.7 FM e trabalho com comunicação há uma década. Apaixonado por futebol e outros tantos esportes, do xadrez ao automobilismo, gosto de assistir e praticar. Falo sobre futebol e o que mais merecer destaque, de maneira leve e descontraída.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.