Galo forte e destemido no Brasileirão; meio de semana de Libertadores e Lakers e Heat na final da NBA


Por Jarbas Ritter de Ramos

28/09/2020 16h01 - Atualizado em 28/09/2020 16h53



(Foto: Alexandre Vidal/CRF)

Brasileirão da Discórdia

 

Palmeiras e Flamengo protagonizaram nesse fim de semana um momento constrangedor para o futebol brasileiro. De um lado o clube carioca, principal responsável pela volta do futebol em meio a pandemia, foi até a justiça comum pedir o adiamento do jogo, em virtude do surto que atingiu o elenco. Do outro lado, o clube paulista, que exigiu que o jogo ocorresse, ameaçando paralisar o campeonato caso a partida fosse adiada.

 

A briga de bastidores dos dois clubes não vem de hoje, começou em 2016 e segue aumentando ano a ano, apesar de serem parceiros no Movimento Futebol Mais livre, que defende a lei do Mandante, as diretorias não se “bicam”, e esse episódio acirrou ainda mais a rivalidade.

 

No final, viu-se que não era necessário todo esse imbróglio, até porque o remendado Flamengo, com sete garotos da base, jogou melhor que o Palmeiras e merecia ter vencido o jogo que acabou empatado.

 

Galo é o melhor do Brasil?

(Foto: Divulgação/Mineirão)

Deixando de lado os primos ricos do campeonato, a competição segue a todo vapor, e o Atlético Mineiro é o líder, com um jogo a menos, e futebol a mais. No sábado venceu o Grêmio, com três gols de Keno, de novo, ele já havia repetido o feito no jogo anterior contra o Atlético-GO. Um futebol intenso e que está dando resultado, para mim, o melhor do Brasil nesse momento.

 

A dupla Grenal foi mal mais uma vez, parece discurso repetido, mas não. O Grêmio ainda tem a muleta de que perdeu fora de casa e para o líder, já o Inter, a situação está cada dia pior, não que um empate com o São Paulo seja o fim do mundo, porém, o que preocupa os colorados é a postura em campo, e as péssimas atuações. O único que está se salvando é Galhardo.

 

No mais, a rodada teve um monte de empates, em nove jogos foram seis igualdades, ainda falta o jogo entre Fluminense e Coritiba hoje à noite. Botafogo com oito, e Palmeiras e Grêmio com sete são os campeões dos empates, por outro lado, o líder Galo não empatou nenhuma até agora.

(Foto: Staff Images/Conmebol)

Semana decisiva na Libertadores

 

O meio de semana é decisivo para as sete equipes brasileiras na Libertadores, devemos ter as classificações antecipadas de Palmeiras, Santos e Athlético-PR, a dupla Grenal podendo se classificar ou se complicar no grupo E, o Flamengo podendo encaminhar a sua vaga e a eliminação do São Paulo.

 

O tricolor paulista é o que está na pior situação, se perder está fora e se empatar vai precisar tirar um saldo de 11 gols na última rodada, por isso precisa vencer o River na Argentina.

 

No Grupo E a dupla Grenal pode se ajudar, se ambos vencerem se classificam, porém, quem tropeçar vai ficar numa situação complicada para a última rodada. O tricolor joga em casa, enquanto o colorado viaja até a Colômbia.

 

Palmeiras e Santos estão praticamente classificados, o Verdão precisa de um empate em casa contra o fraco Bolívar, já o Peixe tem um duelo difícil com o Olímpia no Paraguai, mas mesmo que perca, ainda fica com boas chances na última rodada.

 

O flamengo vai reencontrar o fantasma do Independiente del Valle, ainda com muitos problemas no elenco, jogo complicado, mas ainda não decisivo, pode se classificar na última rodada, já o Furacão, recebe o Jorge Wilstermam, uma vitória e está classificado.

 

Jogador Destaque da Semana

(Foto: Getty Images)

O jogador da semana foi novamente o Keno do galo, porém como ele foi o jogador da semana passada também, vou destacar hoje o atacante Jamie Vardy, do Leicester City da Inglaterra.

 

Vardy marcou três gols na goleada da sua equipe para cima do Manchester City, de Pep Guardiola, e detalhe, na casa do Manchester. A atuação de gala do atacante inglês demonstrou boa parte das suas qualidades.

 

Ele é completo. Rápido, raçudo, inteligente e finalizador nato. Foi o grande destaque do Leicester na conquista histórica da Premier League na temporada 2015-2016.

 

Lakers e Heat decidem a NBA

 

A NBA conheceu nesse fim de semana os finalistas da temporada, do lado Oeste, Los Angeles Lakers, de Lebrom James e Anthony Davis, do lado Leste, Miami Heat, de Jimmy Bluter. A vitórias nas finais de conferência foram tranquilas, os Lakers precisaram de apenas cinco jogos para despachar os Nuggets, já o Heat precisou de um jogo a mais, seis, para vencer o tradicional Boston Celtics. Agora inicia uma série final, valendo a taça. Meu palpite: Lakers vence em cinco jogos.


Jarbas Ritter de Ramos

Jornalista por formação, palmeirense de coração. Nascido e criado no Oeste catarinense, coordeno a Rádio 100.7 FM e trabalho com comunicação há uma década. Apaixonado por futebol e outros tantos esportes, do xadrez ao automobilismo, gosto de assistir e praticar. Falo sobre futebol e o que mais merecer destaque, de maneira leve e descontraída.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.