Cartão de crédito, aliado ou inimigo?


Por Josieli Pereira

15/09/2020 08h38



Foto: iStock/Getty Images

Muitos falam de cartão de crédito como um vilão das finanças pessoais. Contudo, vamos analisar melhor esta ideia. Será mesmo que ele é o vilão ou o problema é a forma que você o utiliza? A resposta torna-se obvia não é, o cartão de crédito é como se fosse uma faca, nas mãos de um chefe experiente, pode fazer os melhores pratos, mas nas mãos de alguém despreparado, pode causar problemas.

 

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar a importância do cartão enquanto um meio de pagamento, neste quesito, o cartão te dá um poder interessante: o de pagar um produto ou serviço no futuro. Você adquire de imediato e só paga quando a fatura chegar. Essa é a lógica primária na cabeça das pessoas. Outra importância é como uma ferramenta de controle, justamente porque você pode centralizar suas compras e terá mais clareza dos gastos para o próximo mês.

 

Ao optar pelo cartão de crédito, precisamos estar cientes que o valor utilizado será cobrado e precisa estar programado no controle financeiro. O crédito associado ao cartão não significa dinheiro extra, mas simplesmente poder comprar, consumir e ganhar um prazo a mais para o pagamento.

 

Seu maior atrativo é também sua maior armadilha, por isso, ter controle é primordial na sua utilização. Usar o crédito disponível e não honrá-lo integralmente no vencimento dá início à chamada “bola de neve”. Isso ocorre quando, na data do vencimento, você não possui o valor total para saldá-lo, fazendo com que entre no rotativo. Quitar um valor parcial, deixando a diferença para o próximo mês, não é uma boa solução em muitos casos.

 

Muitos usuários enganam-se julgando o rotativo a única solução disponível para resolver a situação. Se for seu caso, suspenda o uso do cartão até que a situação seja resolvida, ligue para a instituição financeira e negocie o pagamento do saldo devedor em parcelas.

 

A falta de educação financeira adequada tem sido a principal causa do endividamento elevado dos usuários deste produto. É necessário que se tenha consciência que esse importante instrumento é um agente que, se bem utilizado, pode render muitas vantagens, seja no prazo de pagamento ou em seus benefícios.

 

Então, qual o papel que o cartão de crédito tem em sua vida? Espero ter contribuído para seus conhecimentos. Fiquem bem, caso surja alguma dúvida que eu possa esclarecer, pode deixar nos comentários aqui abaixo. Até a próxima!

Josieli Pereira

Graduada em Matemática e estudante de Gestão Financeira. Tenho 25 anos de idade e aproximadamente há cinco trabalho com sistema financeiro. Falar e estudar sobre educação financeira sempre foi como um hobby. Acredito que este tema, mesmo longe da maioria das escolas, continua transformando vidas. Venho de família humilde, que desde muito cedo ensinou que com trabalho e planejamento podemos conquistar grandes sonhos.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.