Dupla Grenal decepciona no fim de semana; Renato arrogante e o ótimo início da Chapecoense na Série B


Por Jarbas Ritter de Ramos

07/09/2020 12h32 - Atualizado em 07/09/2020 12h35



Foto: Eduardo Deconto/GE

Dupla Grenal decepciona

 

O fim de semana foi de muita reclamação dos torcedores gaúchos, e dessa vez não é com arbitragem e nem com o VAR, é com os próprios times. Ambos foram mal na rodada, o Inter deixou escapar uma vitória certa, aos 49 do segundo tempo, em casa, diante do Bahia. O lateral Rodinei foi de uma infantilidade gigantesca, ao derrubar o adversário, fora do lance e dentro da área. O empate mantém o colorado na liderança, mas agora com Flamengo, São Paulo e Atlético Mineiro na cola.

 

Já o Grêmio foi pior, em Goiânia, jogou muito mal e precisou se fechar para não perder para o Atlético-GO. Apesar de só ter perdido um jogo até aqui, as atuações estão muito abaixo do esperado, o tricolor figura na parte debaixo da tabela e precisa mostrar mais futebol se quiser brigar por alguma coisa esse ano.

 

A rodada do fim de semana teve ainda vitórias dos candidatos ao título, Flamengo, Palmeiras e Atlético Mineiro sofreram para vencer, mas levaram a melhor e começam a ocupar as primeiras posições. Destaque positivo também para São Paulo e Vasco, que começaram muito bem a competição e hoje estariam com a vaga da Libertadores na mão.

 

Arrogância do Renato

Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Um tópico de destaque hoje para o treinador do Grêmio. Renato é conhecido por sua arrogância, desde os tempos de jogador, e especialmente nos últimos anos, quando conquistou diversos títulos com o tricolor. Mas essa arrogância está passando dos limites, e isso ficou claro nesse fim de semana, quando após uma atuação que não condiz com o tamanho do Grêmio, ele desdenhou de tudo isso, com uma fala arrogante em sua entrevista pós jogo.

 

Os títulos estão na história, mas isso não pode servir de muleta para um técnico, que está se mostrando ultrapassado, e que ao invés de buscar soluções para melhorar o seu time, fica provocando o rival e se gabando para desviar o foco. Alguém avisa o Portaluppi, que a Libertadores de 2017 já está ficando velha, e Campeonato Gaúcho só serve para fazer chacota com o rival.

 

Chape muito bem

Foto: Marcio Cunha/Chapecoense

A Chapecoense está voando na Série B. Nesse domingo mais uma vitória em casa, dessa vez em cima do Avaí, o que tem um gosto ainda melhor. Detalhe, são quatro jogos na Arena Condá, quatro vitórias e nenhum gol sofrido. Um início promissor do Verdão do Oeste, que o credencia a brigar por uma das vagas, até porque o Cruzeiro, principal time da competição, está mal das pernas, e está deixando os adversários abrirem vantagem. Com um jogo a menos, a Chape é vice-líder, um pontinho apenas atrás do líder Paraná.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jogador Destaque da Semana

 

O jogador destaque da semana é o atacante Marinho do Santos. Aberto pela ponta direita do ataque é um tormento para os adversários, os laterais esquerdos que atuam no Brasil não dormem direito na noite anterior do jogo com o Peixe.

 

Rápido e habilidoso, começou no Internacional, mas ganhou notoriedade no Ceará, em 2015, depois disso passou por vários clubes, como Vitória e Cruzeiro, foi para a China, mas voltou, contratado pelo Grêmio em 2018. Ano passado chegou ao Santos e se tornou destaque do time de Sampaoli.

 

Em 2020 está entre os cinco melhores jogadores do país, atuando sempre em busca do gol, tem muitas qualidades, velocidade, drible fácil, força física e chute potente, ou como ele mesmo diz, o mini míssil aleatório do Marinho. Se na seleção tivesse meritocracia, ele ganharia uma oportunidade de Tite.

 

Playoffs da NBA

 

A liga de basquete norte americana está On Fire. O momento mais esperado pelos fãs, os playoffs, onde os homens são separados dos meninos. Na bolha de Orlando, restam oito franquias, quatro no Leste e quatro no Oeste, e os jogos estão sendo emocionantes, muitos decididos nos instantes finais, com reviravoltas e muita qualidade técnica dos jogadores.

 

Os confrontos são definidos numa melhor de sete partidas, no Leste, as semifinais estão assim, Boston Celtics e Toronto Raptors, 2 a 2. Miami Heat 3, Milwaukee Bucks 1. Já no Oeste, Los Angeles Lakers e Houston Rockets 1 a 1. Los Angeles Clippers e Denver Nuggets 1 a 1.

 

Para quem gosta de emoção, o basquete é um esporte especial, o jogo 3 do confronto entre Raptors e Celtics teve um desfecho fenomenal. O Celtics vencia a séria por 2 a 0, e faltando meio segundo para o fim do jogo marcou uma cesta, que daria a terceira vitória e encaminharia a vaga na final do Leste, porém, na jogada seguinte, com meio segundo no relógio, os Raptors conseguem uma cesta de três pontos, no estouro do cronômetro, vencem o jogo 3, revivem na série e mostram que o basquete é um esporte, onde o jogo acaba, mas não termina.


Jarbas Ritter de Ramos

Jornalista por formação, palmeirense de coração. Nascido e criado no Oeste catarinense, coordeno a Rádio 100.7 FM e trabalho com comunicação há uma década. Apaixonado por futebol e outros tantos esportes, do xadrez ao automobilismo, gosto de assistir e praticar. Falo sobre futebol e o que mais merecer destaque, de maneira leve e descontraída.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.