Dupla Grenal em alta, enquanto um é campeão, outro lidera o Brasileirão!


Por Jarbas Ritter de Ramos

31/08/2020 16h09 - Atualizado em 31/08/2020 16h13



Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Brasileirão

 

Um começo de competição diferente, com alguns jogos adiados a tabela nos mostra, ao final da sexta rodada, apenas 11 das 20 equipes com seis partidas disputadas, algumas com cinco e o Goiás com apenas quatro jogos. Isso faz com que as análises de classificação fiquem sempre com um asterisco, aquele sentimento que a classificação não é a real.

 

Mas isso não impede de vermos o Internacional na liderança incontestável, são cinco vitórias em seis jogos, bom desempenho na maior parte dos jogos, e a sensação que a lesão de Guerrero não terá as implicações esperadas. Aliás, o futebol apresentado pelo colorado era esperado, sempre coloquei a equipe gaúcha entre as postulantes ao título, ao lado de Flamengo, Grêmio e Palmeiras.

 

Os dois últimos, inclusive, únicos invictos até agora, porém com pouco futebol e muitos empates, e num campeonato onde o primeiro critério de desempate é o número de vitórias, ficar empatando não é bom negócio.

Foto: Reprodução

VAR

 

Mas o fim de semana de Brasileirão teve outro protagonista, o VAR. A atuação dos árbitros de vídeo está sendo polêmica nesse início de campeonato, principalmente na última rodada, onde em pelo menos três jogos a intervenção ou omissão do VAR foi decisiva.

 

No sábado, ao anular dois gols do Botafogo diante do Internacional, o VAR foi alvo de muitas críticas, que chegaram ao ponto do goleiro Gatito derrubar o monitor que fica ao lado do campo após o jogo. A polêmica fica por conta do segundo gol, lance de falta, não marcada pelo juiz em campo, e apontada pelo VAR, na minha opinião, foi falta, mas não um erro claro, portanto, o VAR não poderia ter interferido no lance.

 

No domingo, o que chamou a atenção foi a omissão no clássico Paulista, o atacante Jô do Corinthians, agride o zagueiro são paulino, lance claro de agressão, cartão vermelho não aplicado nem pelo árbitro, nem pelo vídeo. Mais tarde, na Vila Belmiro, novamente dois gols anulados, ambos por impedimento, lances de atuação do VAR, porém, a polêmica fica por conta da precisão, pelo que nos foi mostrado na TV, poucos centímetros foram decisivos para as anulações dos gols santistas contra o Flamengo. Na minha opinião, decisões corretas, mas polêmicas e muito demoradas. E sempre fica a pergunta, e se fosse do outro lado?!

 

Grêmio Campeão

Foto: Eduardo Moura/GE

O Rio Grande do Sul tem dono, e ele é azul, preto e Branco, o tricolor dos pampas venceu o Campeonato Gaúcho, conforme já era esperado. Diante de um competitivo Caxias, o título veio com derrota em casa. O tri campeonato reforça o bom momento vivido pelo Grêmio, com uma supremacia nos últimos clássicos Grenais, e confirmação dos títulos estaduais.

 

A rivalidade por aqui é enorme, e por isso, as conquistas em sequência incomodam o rival, e servem de argumentos nos debates acalorados dos torcedores. Na década são três títulos do Grêmio, seis do Inter e um do Novo Hamburgo, nos números, melhor para o Colorado, mas como futebol é momento, o tri campeonato é do tricolor, e os colorados precisam quebrar essa sequência em 2021.

 

Jogador Destaque da Semana

Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

O jogador da semana é Thiago Galhardo, do Internacional. Meia atacante de 31 anos de idade, Galhardo chegou ao Inter nessa temporada, e tem sido, até o momento, o grande nome do colorado.

 

A artilharia do Brasileirão chama a atenção, mas não é só isso, Galhardo tem muita qualidade técnica e é decisivo, finaliza bem e é inteligente em campo. Na ausência de Guerrero, assumiu o protagonismo no ataque, fazendo com que o torcedor tenha nele a esperança dos gols colorados.

 

NBA

 

E a coluna não é só futebol, hoje vamos falar de NBA, a liga de basquete norte americana, a melhor e mais organizada do mundo escreveu na última semana uma página muito importante na história do esporte.

 

As manifestações contra o racismo que começaram nos EUA, se espalharam pelo mundo todo, mas faltava algo, que mostrasse realmente a importância disso para todos. O histórico boicote das franquias em meio aos Playoffs ficará marcado para sempre, e foi, sem dúvida, um recado monstruoso para o mundo.


Jarbas Ritter de Ramos

Jornalista por formação, palmeirense de coração. Nascido e criado no Oeste catarinense, coordeno a Rádio 100.7 FM e trabalho com comunicação há uma década. Apaixonado por futebol e outros tantos esportes, do xadrez ao automobilismo, gosto de assistir e praticar. Falo sobre futebol e o que mais merecer destaque, de maneira leve e descontraída.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.