Hidroxicloroquina: perguntas e respostas


Por Lucas Tarlé

19/07/2020 09h21


Olá, tudo bem com você?

 

Hoje resolvi fazer um pouco diferente e colocar aqui as perguntas que mais escuto sobre o uso da hidroxicloroquina. Lembrando que escrevi neste sábado, dia 18 de junho de 2020, tudo pode mudar.

 

1. Posso tomar hidroxicloroquina para previnir a Covid-19?

 

Até o momento, para evitar o contágio do vírus, devemos lavar as mãos constantemente, evitar aglomerações, utilizar máscara e proteger a boca ao tossir e espirrar. Não há comprovação de nenhum medicamento que previna a Covid-19 até o momento.

 

2. Em caso de sintomas leves, posso tomar hidroxicloroquina?

 

Não se toma nenhum medicamento sem prescrição e acompanhamento médico, com o uso da hidroxicloroquina vale a mesma regra, com o uso desse medicamento é possível apresentar efeitos maléficos no coração e na visão, só se deve tomar sob a orientação médica.

 

3. Por que tem estudos a favor e contra a hidroxicloroquina?

 

A ciência não é a favor nem contra uso de medicamentos, ela apenas aponta através de estudos os benefícios e malefícios. Até o momento não há estudos robustos que indiquem o uso da hidroxicloroquina.

 

4. O médico pode receitar hidroxicloroquina mesmo sem comprovação cientifica?

 

Sim, os médicos podem prescrever medicamentos sem comprovação científica, normalmente fazem isso para estudar a efetividade da droga, ou seja, ver se ela funciona e seus efeitos colaterais.

 

5. Qual a sua conduta quanto a prescrição da hidroxicloroquina?

 

Como eu não faço nenhum trabalho científico com esta droga, não a prescrevo para o tratamento do coronavírus, não faz sentido usar uma droga que não conheço o benefício, só faria sentido se recomendasse a droga para estudar seu benefício. Caso surjam estudos mais robustos indicando a droga, não há motivo para não utilizar.

 

Ficou alguma dúvida? Quer dar uma sugestão? Não concorda com o que eu escrevi? Deixe um comentário e terei o prazer de responder.

 

Muito obrigado pela atenção e até a próxima!

Lucas Tarlé

Carioca de nascimento, gaúcho do Paraguai e baiano de coração, tem 26 anos, médico formado pela UNIRIO, adora tagarelar sobre ciência e saúde.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS