Entre Armários e Gavetas: Panelas - Parte II


Por Samara dos Santos

07/07/2020 09h22 - Atualizado em 07/07/2020 09h22


(Fotos: Pixabay)

Na semana passada falei sobre os materiais mais populares que existem no mercado das panelas, mas um comentário na coluna me fez adicionar uma parte dois. Então essa coluna será dedicada ao Bruno Paulino, que pediu para esclarecer os modelos de panela para ele.

 

Cada panela é produzida para atender uma necessidade de cozimento de alimentos. Vamos à lista!

 

▪ Frigideira: seu formato é perfeito para grelhar, selar e fritar alimentos. Quando seu fundo possui três milímetros de espessura mantém melhor o calor. Feita para chegar a altas temperaturas.

 

Sauteuse: famosa frigideira funda que todo mundo já viu em programa de culinária os cozinheiros e chefes salteando legumes. Também muito boa para fazer molhos por causa de sua altura maior que a da frigideira comum.

 

Panela com cabo: essa panela é ideal para preparos que você precisa mexer com frequência o alimento durante o cozimento, como risoto, purês e molhos. Um coringa na cozinha, pois seu cabo comprido facilita na hora de segurar a panela sem queimar as mãos.

 

▪ Caçarola: parece a panela com cabo, mas ao invés de um cabo possui duas alças, uma de cada lado. Um pouco mais funda do que a de cabo, muito boa para ensopados, cozidos e sopas. Conserva bem a temperatura e sua altura é ideal para cozimentos com líquidos.



▪ Caldeirão: possui um fundo ainda mais fundo que a caçarola. Ideal para cozimento de massas, caldeiradas, sopas e ensopados. Vai cozinhar pra uma galera? É com ela!

 

▪ Panela de pressão: essa aqui deixa todo mundo apreensivo no início. Ela acerela o cozimento devido ao seu sistema que impede o vapor de sair, aumentando a pressão interna da panela e consequentemente aumentando também a temperatura. Para usar com segurança, coloque alimentos e líquidos até apenas dois terços da panela e sempre mantenha a borracha hidratada.

 

▪ Wok: ela tá chegando aqui no Brasil, mas já muito conhecida na cozinha asiática. Seu formato lembra uma frigideira, só que bem maior e mais alta. Excelente para saltear alimentos, mas também muito utilizada para cozimento a vapor. Quando usada para preparos que levam líquidos, devemos prestar bastante atenção, pois por ser uma panela com um formato bem amplo ela distribui bem o calor e os líquidos evaporam rápido.

 

Na hora de montar sua primeira cozinha uma frigideira boa, uma panela de cabo e uma leiteira resolvem seu maior problema, que é não morrer de fome. O resto pode comprar com calma e conforme for sentindo necessidade.

 

Quais dessas panelas você não conhecia? Me conta aqui nos comentários também quais dessa lista você tem em casa!

 

Um beijinho e, se puder , fique em casa, mas se sair use máscara! Lave bem as mãos e até semana que vem! ;)



Samara dos Santos

27 anos e carioca. Gastrônoma de formação, mas confeiteira por amor. Trabalhou em vários eventos de confeitaria pelo país e com chefs internacionalmente reconhecidos. Está aqui para falar de gastronomia e alimentação de forma simples e descomplicada.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS