Comida de Origem: Grana Padano


Por Samara dos Santos

03/03/2020 16h08 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



(Foto: Freepik)

Olá meu bem, tudo bem? 

 

Seguindo nas nossas comidas de origem e aproveitando que queijo é uma paixão nacional. Vos apresento o Grana Padano! Já ouviu falar? 

 

Esse foi o primeiro queijo duro que se tem registro na história gastronômica do mundo. Há mais de 1.000 anos atrás era produzido por monges cistercienses no Vale Pianura Padana, na Itália, daí o seu nome Padano. E o grana? É um substantivo que faz referência a sua textura granulada. 

 

Agora que você já entendeu seu nome, você já pode imaginar depois de ter lido as outras colunas dessa série de comida de origem, que só são queijos Grana Padano os que são feitos nessa região específica da Itália. 

 

Se você nunca viu um desses posso te adiantar que é um queijo cilíndrico daqueles tipo de desenho animado. Feito de leite cru de vaca ou até semi desnatado, tem o mínimo de 12 meses de maturação, sendo quase impossível de fatiar devido a sua textura quebradiça. 

(Foto: Freepik)

Existem 3 classificações do Grana Padano: DOP inferior a 16 meses, DOP superior a 16 meses e Grana Padano Reserva (acima de 20 meses de maturação) 

 

O DOP inferior a 16 meses é um queijo de maturação entre 9 e 16 meses, de textura granulada, sabor delicado e cremoso. Já o mais de 16 meses forma grânulos mais presentes e possui sabor mais intenso. O Reserva é o mais intenso e com textura mais granulada e quebradiço.

 

Nossa Samara, mas nunca provei nada parecido aqui no Brasil. 

 

Sabe o nosso parmesão barato? É um primo de segundo grau dele! Agora, se você já foi no mercado e comprou aquele queijo parmesão dos mais caros pode procurar no rótulo que ele tem nas letras miúdas “tipo grana Padano”. Que nada mais é o que aquele papo de “fazemos igual, só não fazemos lá”. 

 

Você já experimentou um queijo grana padano? Ele é ótimo para gratinados! Se você conhece alguém que ama queijos compartilha essa coluna com ela! Aproveita que o tempo já tá esfriando e já marca o queijos e vinhos do final de semana! 

 

Um beijinho e até semana que vem! ;)

(Foto: Freepik)

Samara dos Santos

27 anos e carioca. Gastrônoma de formação, mas confeiteira por amor. Trabalhou em vários eventos de confeitaria pelo país e com chefs internacionalmente reconhecidos. Está aqui para falar de gastronomia e alimentação de forma simples e descomplicada.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.