Comer carboidratos à noite engorda?


Por Reges Costa

11/11/2019 20h24 - Atualizado em 17/04/2020 14h39




Estou de volta à nossa coluna no Oeste Mais para passar informações importantes sobre alimentação e atividade física. Nossa qualidade de vida e saúde estão diretamente relacionadas a esses dois temas centrais que serão abordados semanalmente por aqui.

 

Pratique atividade física regular e tenha uma alimentação saudável. Através de nossas dicas você poderá melhorar seu estilo de vida, o tornando cada vez mais sadio. 

 

Mas e aí!? Comer carboidratos à noite engorda?



Engordar e emagrecer é uma conta matemática entre o que você ingere e o que você gasta durante o dia. Quando ingerimos menos calorias e aumentamos o nosso gasto calórico, o peso reduz, independente do tipo de nutriente e horário ingerido.

 

A qualidade da alimentação e o exercício físico também são importantes para determinar a qualidade do emagrecimento, poupando a perda de massa muscular e maximizando a redução da gordura corporal.

 

Deixar de comer carboidratos à noite pode ser perigoso, pois pode aumentar o risco de beliscarmos após o jantar, e mais próximo ao irmos deitar. Não se trata apenas de não ingeri-los a noite, e sim da qualidade e quantidade do mesmo.

 

A noite é o momento que normalmente temos mais tempo para comer, relaxamos e temos mais oferta de alimentos por estarmos em casa. O apetite é maior. Aí que mora o perigo.

 

O carboidrato deve ser em torno de 50% da nossa alimentação diária, pois são responsáveis pela promoção de energia, e são eles: frutas, legumes, pães, cereais, batatas/aipim..., entre outros.

 

Restrinja os carboidratos simples e principalmente açúcares e doces ao máximo à noite e em alguns momentos pontuais, como no pós treino (para quem busca perder peso), aonde é interessante dar preferencia as proteínas magras (carnes e ovos).

 

Retirando os carboidratos de cena nesse horário onde nosso metabolismo diminui e logo após vamos dormir, vai contribuir muito para não acumularmos as gordurinhas indesejáveis que aparecem geralmente na região abdominal.

 

Mas lembre-se, o balanço energético do dia, entre o que ingerimos e gastamos é que vai determinar se vamos engordar ou emagrecer, independente da quantidade de carboidratos ingeridos à noite.

Reges Costa

Nutricionista especialista em nutrição esportiva. Bacharel em Educação Física e Personal Trainer. Sócio proprietário Performance Academia e Studio.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.