Coca-Cola e Pepsi se unem para diminuir o desperdício de garrafas plásticas nos Estados Unidos da América

Iniciativa engloba ainda a empresa Keurig Dr Pepper, do ramo de cafés, sucos e refrigerantes

Por Oeste Mais

08/11/2019 16:27



Coca-Cola investiu US$ 100 milhões para melhorar a classificação, o processamento e a coleta de garrafas plásticas (Foto: iStock)

Principais nomes da indústria global de refrigerantes, a Coca-Cola e a Pepsi se comprometeram a trabalhar em conjunto para diminuir o desperdício de garrafas plásticas nos Estados Unidos da América.

 

Segundo o site Food and Wine, três empresas anunciaram o programa Every Bottle Back (toda garrafa de volta, em tradução livre) que visa tratar e melhorar a quantidade de lixo plástico no país. A iniciativa engloba ainda a empresa Keurig Dr Pepper, do ramo de cafés, sucos e refrigerantes.

 

Em um comunicado, a Coca-Cola disse que um dos principais objetivos da iniciativa é reduzir o uso de plástico novo nos Estados Unidos, investindo US$ 100 milhões (cerca de R$ 398,9 milhões) para melhorar a classificação, o processamento e a coleta de garrafas plásticas, ressaltando que suas garrafas PET são 100% recicláveis.

 

Jim Dinkins, presidente da Coca-Cola na América do Norte, disse que a empresa está orgulhosa por reunir-se com concorrentes para tratar da grave questão dos resíduos de plástico.

cerca de 480 mil pedaços de lixo plástico em um dia (Foto: Pixabay)

O programa “Every Bottle Back”, terá a colaboração da organização ambiental nacional sem fins lucrativos The Recycling Program (O programa de reciclagem), que atuará para melhorar a coleta, classificação e processamento de garrafas plásticas, especialmente em partes do país onde há uma concentração favorável de instalações que podem processar garrafas de PET para serem reutilizadas na fabricação de novos produtos.

 

De acordo com a American Beverage Association, grupo comercial da indústria de bebidas que organizou a iniciativa, as garrafas PET recicladas podem ser usadas para fazer mais garrafas de bebidas ou serão transformadas itens que vão de casacos e sapatos a bancos de parque e equipamentos de playground.

 

No início de outubro, o movimento global Break Free From Plastic (liberte-se do plástico) lançou sua auditoria anual dos principais poluidores corporativos de plástico do mundo.

 

O resultado foi apresentado após 72 mil pessoas em 51 países participarem de um esforço de limpeza, recolhendo cerca de 480 mil pedaços de lixo plástico em um dia.

 

Pelo segundo ano consecutivo, a maior quantidade de material (11.732 peças em todo o mundo), veio de produtos da Coca-Cola, o que representou 43% do total.

Com informações da revista Menu


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.