Aquecimento global aumentará o nível do mar em um metro nos próximos 80 anos

Milhões de moradores de ilhas e áreas costeiras terão que deixar os locais

Por Oeste Mais

25/09/2019 11:25 - Atualizado em 25/09/2019 11:27



Até 2100, nível do mar poderá subir até um metro (Foto: Greenpeace)

Um estudo feito pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), órgão ligado à ONU (Organização das Nações Unidas), foi divulgado nesta quarta-feira, dia 25. O documento apresentou pesquisas que mostram como o aquecimento global afetará o planeta nas próximas oito décadas.

 

O relatório divulgou as descobertas mais recentes sobre a mudança climática, o oceano e a criosfera, água em estado sólido, como geleiras.

 

O IPCC organizou o documento para apresentar sobre como o aquecimento global pode afetar o oceano, as calotas polares e as áreas congeladas em montanhas.

 

Mais de 100 especialistas de 30 países participaram do estudo. O texto trata de quatro temas principais: aumento do nível do mar, mudança de ecossistemas marítimos, redução do permafrost, solo que passa o ano todo congelado, na Rússia, Canadá e Alasca, e as ondas de calor no mar.

 

O documento analisa uma série de estudos científicos publicados até maio de 2019, que comprovam que os níveis do mar estão subindo. O documento destaca alguns efeitos do aquecimento global nas próximas oito décadas:

 

- Até o ano de 2100, se nada for feito, o aumento do nível do mar pode alcançar até um metro de altura; isso pode acarretar a retirada de milhões de moradores de áreas costeiras e ilhas.

 

- Com o aquecimento da água, oceanos se tornarão mais ácidos, alterando a vida marinha; ainda que se limite o aquecimento a 1,5°C, os recifes de coral já estão quase todos condenados.

 

- O degelo do permafrost vai liberar mais de 1,5 mil gigatoneladas de gases de efeito estufa, isso é quase o dobro do carbono que atualmente está na atmosfera.

 

- Até o final deste século, a frequência de ondas de calor marinhas pode aumentar em 50 vezes, chegando a uma variação de 3 ℃ ou 4 ℃.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.