Mais de 1,5 mil pessoas morrem por onda de calor na Espanha e Portugal

Temperaturas extremas na Europa vêm sendo registradas nos últimos dias

Por Redação Oeste Mais

20/07/2022 15h59 - Atualizado em 20/07/2022 15h59



Incêndios destruíram florestas do Sul na França (Foto: SDIS 33 via AP)

Mais de 1,5 mil pessoas já morreram somente na Espanha e em Portugal devido à onda de calor que atinge a Europa nos últimos dias.

 

Mais de mil vítimas morreram em Portugal, de acordo com dados publicados nesta terça-feira, dia 19, pelo órgão de saúde pública do país. As temperaturas passaram dos 40ºC na semana passada.

 

A Espanha relatou nesta quarta-feira, dia 20, que mais de 500 mortes ligadas às temperaturas extremas já foram registradas em seu território.

Mulher joga água de balde em uma árvore em chamas em Portugal (Foto: Pedro Rocha/AFP)

De acordo com o g1, a França e o Reino Unido estão avaliando os danos deixados pela onda de calor, acompanhada por grandes incêndios, vários ainda ativos.

 

A onda de calor quebrou muitos recordes na Europa na terça-feira. No Reino Unido os termômetros chegaram a níveis nunca vistos, com 40,2 ºC no aeroporto de Heathrow, no Oeste de Londres.

 

O recorde também foi superado na Escócia, com 34,8 °C. A França também teve novas máximas em mais de 60 lugares, com mais de 40 graus em algumas cidades.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.