Brasileira mata marido a facadas e se entrega a polícia na Itália

Mulher de 36 anos relatou que sofria violência doméstica por parte do companheiro

Por Redação Oeste Mais

20/07/2022 14h47 - Atualizado em 20/07/2022 15h41



A brasileira Edlaine Ferreira, 36 anos, se entregou à delegacia de polícia de Bussolengo, na província italiana de Verona, após matar o marido, Francesco Vetrioli, de 37 anos, a facadas nesta quarta-feira, dia 20.

 

"Por volta das 13 horas, foi tocada a campainha da nossa polícia local e a mulher ali contou que tinha matado o marido. Ela estava muito agitada", disse o vice-prefeito de Bussolengo, Giovanni Amantia, em entrevista a imprensa local.

 

O político afirmou ainda que o comandante local "a recebeu e pediu que confirmasse a história, então, ela os acompanhou até a sua casa, e os agentes confirmaram o que ocorreu", explicou.

 

Segundo Edlaine, ela e o marido haviam se casado em abril deste ano, mas a mulher era vítima de violência doméstica e relatou que o marido a "traía frequentemente". A autora disse ainda que matou o homem, que trabalhava como motorista profissional, entre a noite desta terça-feira, dia 19 e a madrugada desta quarta, com uma facada no coração.

 

Ela decidiu se entregar as autoridades para confessar o que fez. Vizinhos contaram aos policiais que a mulher morava ali há pouco tempo, mas que nunca ouviram brigas ou qualquer outra anormalidade na casa.

 

Agora, uma investigação deverá ser realizada pelo procurador Claudio Boranga, de Bussolengo.

Com informações do Uol


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.