Bolsonaro diz que Brasil vai receber ucranianos em fuga da guerra

Presidente da República afirma que portaria será publicada até esta terça-feira

Por Redação Oeste Mais

01/03/2022 11h22 - Atualizado em 01/03/2022 11h22



O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, dia 28, que o Brasil vai receber ucranianos refugiados da guerra do país contra a Rússia. Em entrevista à rádio Jovem Pan, Bolsonaro garantiu vistos humanitários para receber a população que deixar a Ucrânia em razão do conflito.

 

"Vamos abrir a possibilidade de ucranianos virem para o Brasil através do visto humanitário, que é a maneira mais fácil de vir para cá. Estamos dispostos a receber ucranianos", reforçou.

 

A Rússia está atacando a Ucrânia desde a manhã da última quinta-feira, dia 24. Nesta terça-feira, dia 1º, um míssil foi lançado contra o prédio do governo ucraniano, na cidade de Kharkiv, a segunda maior do país.

 

O presidente Volodymyr Zelensky classificou o ataque como terrorista. “O foguete na praça central de Kharkiv é um terror aberto e descoberto. A Rússia é um estado terrorista. Ninguém vai perdoar. Ninguém jamais esquecerá”.

 

Ainda segundo a entrevista de Jair Bolsonaro, até esta terça-feira será publicada uma portaria conjunta dos Ministérios da Justiça e das Relações Exteriores do Brasil para permitir o acolhimento de ucranianos em fuga da guerra.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.