Forças de segurança dos EUA ficam em alerta para risco de novos ataques terroristas

Dezenas de pessoas morreram após ataque no Afeganistão, incluindo 13 soldados americanos

Por Oeste Mais

27/08/2021 08h53 - Atualizado em 27/08/2021 08h53



Voluntários e equipes médicas retiram corpos de uma caminhonete em frente a um hospital após o atentado (Foto: Wakil Kohsar/AFP)

As forças de segurança americanas estão em alerta para a possibilidade de mais ataques terroristas nesta sexta-feira, dia 27, depois do ato cometido no Afeganistão na á quinta-feira, dia 26, onde dezenas de pessoas morreram, incluindo 13 soldados dos EUA.

 

A agência de notícias Reuters diz que são 85 óbitos, citando duas autoridades do Talibã. A rede de televisão CNN aponta que mais de 90 afegãos morreram e ao menos 150 pessoas ficaram feridas, segundo o ministro da Saúde do Talibã.

 

A responsabilidade do atentado terrorista é atribuída ao Estado Islâmico. O ato ocorreu no aeroporto internacional de Cabul, capital do Afeganistão. As informações são que dois homens-bomba e homens armados atacaram afegãos que se aglomeravam no local na tentativa de sair do país

 

O G1 informou que cerca de 12,5 mil pessoas foram evacuadas na quinta, mesmo com o atentado, elevando para 105 mil o número de retirados do Afeganistão desde o dia 14, segundo a Casa Branca.

 

O presidente americano, Joe Biden, disse que não vai perdoar o ataque e vai caçar os responsáveis. "Não vamos perdoar. Não vamos esquecer. Vamos caçá-los para fazer vocês pagarem", afirmou Biden, ressaltando que "esses terroristas do Estado Islâmico não vão ganhar".


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.