Vereadores agradecem mais de R$ 2 milhões repassados por Marcos Vieira a Ponte Serrada

Por Câmara de Vereadores de Ponte Serrada

08/10/2021 11h02 - Atualizado em 08/10/2021 11h02





As vereadoras Francinara Magrini Ferreira (Nara), Milena Aparecida da Silva e o vereador Nordival de Quadros Junior, da bancada do PP, agradecem a conquista de mais de R$ 2 milhões já repassados pelo deputado estadual Marcos Vieira (PSDB) ao município de Ponte Serrada. Os recursos são para diversas áreas.

 

“Nós só temos a agradecer imensamente ao deputado Marcos Vieira. Ponte Serrada está dentro da agenda de prioridades do deputado, o que nos enche de orgulho e satisfação. O deputado Marcos Vieira pode ser considerado um ponteserradense por todas as ações que tem proporcionado pra Ponte Serrada”, diz a vereadora Nara.

 

Entre as principais conquistas, R$ 1 milhão foram destinados para a pavimentação asfáltica da paralela à BR-282. Outros recursos são para a pavimentação parcial da Rua São José e pavimentação total da Rua Pedro Braz de Araújo, com rede de esgoto, água e passeios.



O deputado também destinou verba para a construção de dois campos de areia com pista de caminhada. Conforme os vereadores, um deve ser feito ao lado da rodoviária e outro no distrito de Baía Alta. Ainda foram repassados R$ 285 mil para a Apae, caminhonetes para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e investimentos em luzes de LED na cidade.

 

A vereadora Milena Aparecida da Silva destaca a influência do ex-prefeito de Ponte Serrada, Sandro Fávero, assessor de Marcos Vieira, para a conquista dos recursos. “Ele tem essa visão de ajudar Ponte Serrada, independente de partido político. Conseguimos grandes conquistas, anseios da comunidade de muitos e muitos anos. Que o deputado continue com esses bons olhos para o município. Quem agradece é a nossa população”, afirma.

Este conteúdo é de responsabilidade da Câmara de Vereadores de Ponte Serrada.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.