Mais duas indicações são aprovadas na Câmara de Vereadores de Passos Maia

Por Câmara de Vereadores de Passos Maia

25/05/2021 10h28 - Atualizado em 25/05/2021 10h28



Foto: Divulgação

Na noite de segunda-feira, dia 24, duas indicações foram aprovadas pelos vereadores de Passos Maia.

 

A primeira delas da vereadora Valderis Comunello Marchesini, onde pede a instalação de câmera de monitoramento nas escolas municipais. “Pedimos a aprovação dessa indicação para que seja viabilizar a instalação de câmeras de monitoramento nas escolas municipais, para trazer maior segurança aos nossos alunos e professores”, disse.

 

“Com a instalação destas câmeras dificulta o ataque de vândalos e criminosos que possam vir a agir nestes locais, destruindo patrimônio público e oferecendo riscos a professores, alunos e funcionários. Estamos vivendo uma época de medo e incertezas, precisamos estar preparados para qualquer eventualidade neste sentido” justiçou a vereadora.

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Passos Maia, Renato Loregian, também apresentou uma indicação, onde solicita recuperação e construção de abrigos de passageiros. “Peço que seja viabilizada a recuperação dos já existentes e a construção de novos abrigos de passageiros devido ao início do ano letivo e a chegada do inverno”, pontuou.

 

“Considerando que praticamente há um ano sem aulas presenciais devido ao Covid-19, muitos abrigos dos utilizados pelos alunos se deterioraram, sendo que alguns acabaram caído por completamente. Então peço o apoio dos nobres colegas para que o poder executivo reforme em geral a todos os quais precisem de melhorias inclusive com pintura e que construa abrigos novos em pontos solicitados por nossos munícipes” comentou Renato.

 

A próxima sessão do Legislativo de Passos Maia será no dia 31 de maio, às 19 horas, nas dependências da Câmara Municipal de Vereadores.

Este conteúdo é de responsabilidade da Câmara de Vereadores de Passos Maia.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.