Celesc encaminha ofício em resposta à moção aprovada pela Câmara de Passos Maia

Por Câmara de Vereadores de Passos Maia

18/08/2020 16h20 - Atualizado em 19/08/2020 08h22





Na noite de segunda-feira, dia 17, mais uma sessão on-line foi realizada pela Câmara Municipal de Vereadores de Passos Maia. Os vereadores receberam um ofício de Sandro Ricardo Levandoski, diretor de Distribuição da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), em resposta a uma moção aprovada pelos vereadores no dia 13 de julho, solicitando melhorias, manutenção e conservação com corte de árvores embaixo das redes de energia elétrica do município.

 

Leia na íntegra:

 

Resposta a Ofício CMV nº 015/2020

Com nossos cumprimentos, comunicamos o recebimento do seu Ofício CMV nº 015/2020, que encaminha a Moção nº 001/2020, por meio da qual solicitam melhoria, manutenção e conservação (corte de árvores abaixo da rede) das redes de energia elétrica do Município de Passos Maia, com aumento do número de pessoal para atender, e sobre o assunto temos o seguinte a expor.

Em atenção à vossa solicitação, informamos que a Celesc Distribuição é uma empresa que detém a concessão do serviço de distribuição de energia elétrica em aproximadamente 92% do estado de Santa Catarina. Tal concessão é regida de acordo as regras estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, nos termos de seus regulamentos setoriais.

Uma das principais causas de interrupções na região é a presença de vegetações próximas da rede, destacamos os persistentes problemas relacionados ao plantio inadequado de árvores nas imediações das faixas de domínio. A região atendida pelo Núcleo Oeste possui grandes áreas de florestas plantadas, com expressivas plantações irregulares dentro ou extremamente próximas às faixas de domínio da distribuidora, implicando em um grande número de interrupções por presença de vegetações na rede. Com isso, temos também aumento do tempo em que os consumidores estão expostos a interrupção e, por conseguinte, nos custos operacionais da concessionária. Frente a isso solicitamos a esta Câmara de Vereadores o apoio na divulgação da Lei estadual nº 17.588 de 30/10/2018, a qual estabelece limites para o plantio de árvores exóticas e nativas próximo à rede de distribuição de energia elétrica.

Esclarecemos também que a poda e roçada da vegetação em via pública (calçadas, canteiros e praças etc.) é de reponsabilidade do Órgão Ambiental Municipal. A partir do momento em que não há poda e roçada preventiva e que consequentemente já há contato da vegetação com a rede elétrica gerando risco iminente, somente a Celesc poderá executar tal serviço, para isso a mesma deverá ser comunicada pelo 0800 48 0196.

A Celesc executa a poda com o intuito de distanciar em no mínimo dois metros a vegetação da rede elétrica, garantindo assim a continuidade do fornecimento de energia elétrica evitando que haja ocorrências no sistema, porém a poda e roçada preventiva deve ser realizada. Quando um consumidor verificar a necessidade de poda e roçada de vegetação, se esta estiver em propriedade particular, a responsabilidade é do proprietário, para tanto ele poderá entrar em contato com a Celesc pelo 0800 48 0196 para receber orientação de como proceder.

Importante ressaltar que já estamos com uma equipe terceirizada de poda e roçada, composta por 7 pessoas, trabalhando ativamente no referido município, atualmente na comunidade de Linha Urumbeva, seguindo na sequência para as localidades mencionadas na moção acima aludida. Acreditamos que até o final deste ano essas localidades já estejam todas atendidas.

É válido informar que temos uma obra já licitada que trará grande melhoria para a qualidade do fornecimento de energia para o interior do município, mais precisamente na região dos assentamentos e fazendas. Estamos no momento, aguardando a autorização para supressão de vegetação na faixa de passagem ainda pendente no IMA, motivo este que impossibilita momentaneamente a execução da obra. Essa obra vai retirar a rede que passa pelo interior do Parque Nacional (PARNA) pois, neste local, a Celesc não pode efetuar supressão na vegetação, prejudicando com isso a continuidade do fornecimento de energia.

A Celesc Distribuição, conhecendo os limites existentes, busca disponibilizar um número de equipes suficiente para fazer o atendimento dentro dos padrões de qualidade resultando em mais energia para toda a sociedade.

Por orientação da ANEEL, informamos que para dar maior celeridade as futuras solicitações, os interessados devem procurar um dos nossos canais de atendimento para que registre sua solicitação e receba o seu número do protocolo para acompanhamento do processo. Nossos canais de atendimento são:

 

Lojas presenciais – lembramos que devido a COVID-19, alguns locais não estão ainda com seu atendimento normalizado, para saber os dias e horários de funcionamento de nossas unidades de atendimento acesse https://www.celesc.com.br/fale-conosco/locais-e-horarios-de-atendimento ;

Via Agencia web (www.celesc.com.br) em Atendimento Online;

Contact Center (Emergência: 0800 048 0196 e Serviços Comerciais: 0800 0480120);

Aplicativo Celesc (digite "Celesc" para baixar o aplicativo disponível na Play Store e App Store).

O contato para dirimir dúvidas sobre as questões envolvendo o Município de Passos Maia é o Engenheiro Gilvan Menosso, Gerente da Unidade Concórdia, localizada na rua Adolfo Konder, nº 180 - Centro, Concórdia – SC, CEP: 89700-000. Telefone para contato (49) 3441-4000 e e-mail: gilvanm@celesc.com.br .

Por fim, esperamos ter esclarecido a situação e, sendo o que tínhamos para o momento, nos colocamos à sua disposição para eventuais esclarecimentos adicionais.

Atenciosamente,

Sandro Ricardo Levandoski

Diretor de Distribuição

 

A próxima sessão do Legislativo passosmaiense será no dia 24 agosto, às 18h30, também de forma virtual (on-line).

Este conteúdo é de responsabilidade da Câmara de Vereadores de Passos Maia.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.