PF investiga suspeita de fraude em cooperativa de crédito que atua em SC e no RS

Funcionários são suspeitos de simularem pagamentos e adiantamentos de salários, com prejuízo de R$ 7 milhões

Por Oeste Mais

10/05/2019 13:56 - Atualizado em 10/05/2019 14:04



A Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira, dia 10, em Florianópolis e em São José. Foram apreendidos documentos, arquivos eletrônicos e um veículo. A ação faz parte da operação que investiga suspeita de fraude em uma cooperativa de crédito que atua em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

 

Segundo a Polícia Federal, são investigados os crimes de gestão fraudulenta, apropriação ilícita de valores e associação criminosa, além de indícios de possível lavagem de dinheiro.

 

De acordo com as investigações, funcionários de cooperativa de crédito teriam se apropriado de recursos financeiros da instituição. Eles são suspeitos de simularem pagamentos e adiantamentos de salários, com prejuízo estimado superior a R$ 7 milhões.

 

Além do cumprimento dos mandados expedidos pela Justiça Federal da capital, foi determinado o bloqueio de valores para ressarcimento da instituição. O nome da instituição não foi divulgado pela PF até esta publicação.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.