Homem acusado de tentativa de homicídio é absolvido em Ponte Serrada

Réu de 29 anos chegou a ficar cerca de um ano no Presídio Regional de Xanxerê

Por Oeste Mais

05/06/2019 20:01 - Atualizado em 05/06/2019 20:05



Tentativa de homicídio ocorreu em abril de 2018 (Foto: Polícia Militar)

Acusado de uma tentativa de homicídio em abril de 2018, o réu Adenir de Oliveira Périco, de 29 anos, foi absolvido ao ser submetido a um júri popular nesta quarta-feira, dia 5, em Ponte Serrada. Os jurados decidiram que ele não foi o responsável pelos disparos contra um homem há pouco mais de um ano.

 

Na época, o morador de uma residência no Bairro Berté foi baleado após ouvir uma batida de palmas na entrada de casa. No dia, o homem relatou à Polícia Militar que estava dormindo quando uma pessoa começou a chamá-lo. Ao abrir a janela do quarto, um homem atirou três vezes, com um dos projéteis atingindo o peito da vítima.

 

Na decisão dos jurados, não foi Adenir o responsável pelos tiros. Ele chegou a ficar cerca de um ano no Presídio Regional de Xanxerê, onde permanecia até a data do julgamento.

 

O réu foi defendido pelo advogado Henrique Otavio Pavelski, que trabalhou a tese de negativa da autoria do crime. Com a absolvição, Adenir foi liberado logo após o encerramento do júri popular.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.