Casal flagrado com maior quantidade de ecstasy apreendida no Oeste tem prisão preventiva decretada

Homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Chapecó. Já para a mulher foi concedida a prisão domiciliar

Por Oeste Mais

06/11/2019 08:03 - Atualizado em 06/11/2019 08:03



Casal foi flagrado com 543 comprimidos de ecstasy (Foto: Polícia Civil)

O casal flagrado com 543 comprimidos de ecstasy teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Rogério Carlos Demarchi, em regime de plantão no último final de semana. A decisão foi homologada em audiência de custódia na comarca de Chapecó.

 

O homem teve a preventiva decretada e foi transferido ao Presídio Regional de Chapecó. Já para a mulher foi concedida prisão domiciliar a pedido do advogado dos acusados, com a concordância do Ministério Público.

 

A mulher informou ter um filho de dois anos, o qual amamenta, e disse estar grávida. A certidão de nascimento da criança foi apresentada. A suspeita tem prazo de 20 dias para comprovar que possui a guarda legal do filho. O benefício é previsto na Lei n. 13.769, de 19 de dezembro de 2018.

 

A ação comandada por agentes da Divisão de Investigação Criminal (Dic/Fron Chapecó) da Polícia Civil ocorreu após um mês de investigação e representou a maior quantidade de droga sintética já apreendida no oeste do estado neste ano.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.