Acusado de usar máscara de idoso para tentar assaltar banco é condenado a três anos de prisão

Tentativa de assalto ocorreu em uma agência no Centro de Jaraguá do Sul no início da tarde do último dia 12 de agosto

Por Oeste Mais

12/09/2019 14:52



O ex-funcionário acusado de usar uma máscara de idoso para tentar assaltar um banco em Jaraguá do Sul, no Norte do estado, foi condenado a três anos e quatro meses de prisão em regime inicialmente aberto, nesta quarta-feira, dia 11.

 

Ele recebeu pena por tentativa de roubo e por posse ilegal de arma de fogo. 

 

Polícia apreende máscara usada em tentativa de roubo a banco em Jaraguá do Sul (Foto: Polícia Militar)

O crime

 

A tentativa de assalto ocorreu em uma agência no Centro de Jaraguá do Sul no início da tarde do último dia 12 de agosto. Os policias fizeram cerco ao banco e ele tentou fugir por uma janela. Na fuga, ele caiu em cima de um carro.

 

Em depoimento à Polícia Civil, ele disse que agiu por mágoa e importou a máscara dos Estados Unidos. Conforme o delegado Daniel Dias, o homem declarou não ter planejado o assalto.

 

De acordo com Dias, o homem levou um revólver de plástico e uma estaca de madeira para à agência. "Ele não fez ninguém refém, não ameaçou ninguém. Ele apresentou um bilhete no caixa do banco, na tesouraria, dizendo que era um assalto. Nisso a moça passou mal, ele entrou em desespero. Veio o segurança, ele saiu correndo e pulou pela janela", relembra o delegado.

 

Ainda conforme o delegado, não há nenhum outro envolvido na tentativa e a motivação seria um descontentamento com o ex-estabelecimento de trabalho. "Ele agiu sozinho, consciente. Ele disse que tinha um certo rancor, uma mágoa com o banco e por isso tentou praticar esse roubo", completou.

 

"A máscara, ele fez uma importação pessoal direto dos Estados Unidos. Custou R$ 6 mil. A princípio ele disse que queria revender, mas teve essa ideia [do assalto]. Ele não conseguiu vender a máscara e teve a ideia de roubar o banco", conta o delegado Daniel Dias.

Com informações do NSC


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.