Justiça define data para julgamento do recurso de sanidade mental de autor da chacina em creche

Atentado que ocorreu em Saudades, no Oeste de SC, completou um ano no dia 4 de maio

Por Redação Oeste Mais

20/06/2022 20h11 - Atualizado em 20/06/2022 22h46



Autor da chacina está detido desde que saiu do hospital, uma semana após o fato (Foto: Divulgação)

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) definiu para o próximo dia 28 de junho o julgamento do recurso interposto pela defesa de Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, acusado de cometer chacina em creche no município de Saudades, no Oeste de Santa Catarina, que contesta laudo pericial sobre a sanidade mental do réu. 

 

A apelação tramita em segredo de justiça.

 

O relator da matéria será o desembargador Sérgio Rizelo. Também participarão da votação os desembargadores Norival Acácio Engel e Hildemar Meneguzzi de Carvalho.

 

Leia também: "Ele deu as costas para mim", relata mecânico que ajudou a socorrer crianças na creche em Saudades

 

Após julgamento, o processo retorna para a Vara Única da comarca de Pinhalzinho, onde tramita sob regência do juiz Caio Lemgruber Taborda.

 

O andamento da ação está suspenso desde o dia 4 de março, quando o magistrado acatou o pedido de reavaliação da defesa, sobre submeter o acusado a um novo exame de insanidade mental.

 

O pedido foi negado, em primeira instância, no início de fevereiro. Na ocasião, Taborda entendeu desnecessário mais um laudo diante dos três apresentados no processo, cujas conclusões diferem.

 

O agressor foi denunciado por 19 crimes de homicídio, entre consumados e tentados.

 

Na manhã do dia 4 de maio de 2021, ele entrou em uma creche no município de Saudades e, com uma adaga (espécie de espada), golpeou fatalmente duas professoras e três bebês. Outra criança, também com menos de dois anos, foi socorrida a tempo de se recuperar. 


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.