Homem que matou ex-esposa com facadas na frente da filha pequena é condenado em SC

Vítima estava dormindo de madrugada quando o autor invadiu o quarto e golpeou dez vezes nela

Por Redação Oeste Mais

15/06/2022 12h47



O homem que esfaqueou e matou a ex-esposa enquanto ela dormia ao lado da filha caçula do casal foi condenado a 36 anos, seis meses e 13 dias de reclusão, inicialmente em regime fechado, em Presidente Getúlio, no Vale do Itajaí.

 

A vítima foi atingida por dez golpes de faca na madrugada do dia 7 de novembro do ano passado. Foi o filho adolescente, de 14 anos, que dormia no quarto ao lado da mãe, que buscou por socorro. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a mulher de 34 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

 

O Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras atinentes ao motivo fútil, ao meio cruel, ao emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, ao feminicídio, e as causas de aumento por ter sido o crime cometido na presença de descendente e em descumprimento de medidas protetivas de urgência.

 

O réu terá também que reparar os danos causados pela atividade criminosa aos familiares mais próximos da vítima, no valor de R$ 200 mil, acrescidos de correção monetária e juros mora.

 

Os familiares da vítima acompanharam todo o julgamento. Ao réu foi negado o direito de recorrer em liberdade.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.