Jovem que matou idoso com várias facadas no pescoço é condenado no Oeste

Segundo o promotor de Justiça, o crime teria como uma das motivações o fato de a vítima ser homossexual

Por Redação Oeste Mais

11/05/2022 10h10



Corpo da vítima foi encontrado por populares em ponto de ônibus (Foto: Divulgação/Portal Peperi)

Um rapaz de 28 anos, que matou um idoso com golpes de faca no município de Mondaí, no Oeste de Santa Catarina, foi condenado pela Justiça a mais de 16 anos de prisão.

 

Segundo o Ministério Público, a vítima identificada como Valdir Daenecke, de 63 anos, recebeu mais de dez facadas na região do pescoço na madrugada do dia 27 de agosto do ano passado, próximo a um ponto de ônibus nas margens da SC-386.

 

O corpo do homem foi encontrado por populares, que acionaram a Polícia Militar.

 

Durante o processo foram ouvidas nove testemunhas, e duas disseram que o condenado não teria se arrependido do crime. Ainda, relataram que o réu teria utilizado frases homofóbicas ao se referir à vítima, além de enfatizar, após o homicídio, que "não gostava desse tipo de gente".

 

Perante o Júri, o promotor de Justiça Diego Henrique Siqueira Ferreira sustentou que o crime teria como uma das motivações o fato de a vítima ser homossexual. 

 

Além da condenação, o réu terá que pagar R$ 15 mil a título de danos morais aos herdeiros da vítima.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.