Homem que assassinou a ex-esposa com cinco tiros é condenado a 18 anos de prisão

Vítima foi morta em SC, mas era natural do Ceará e deixou dois filhos

Por Redação Oeste Mais

19/11/2021 12h50 - Atualizado em 19/11/2021 12h50



O Tribunal do Júri da comarca de Balneário Piçarras, litoral catarinense, condenou a 18 anos de prisão, na última quarta-feira, dia 17, um homem acusado de matar a ex-esposa com tiros.

 

Os jurados reconheceram as qualificadoras de motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. O homicídio ocorreu no dia 24 de novembro de 2015, na casa da vítima, situada no centro de Balneário Piçarras.

 

Após praticar o ato, o autor do crime fugiu para Navegantes, onde acabou detido e confessou o assassinato. Ele também, na ocasião, apontou o local onde estava o veículo usado na fuga e a arma empregada no crime. A vítima era natural do Ceará e deixou dois filhos.

 

Esta foi a terceira vez que um tribunal se formou para julgar o caso. Na primeira sessão, houve dissolução do Conselho de Sentença e uma nova data foi marcada. Na segunda ocasião, houve condenação, porém o réu foi posto em liberdade por excesso de prazo no julgamento do processo.

 

A família da vítima entrou com recurso e conquistou o direito de novo julgamento, agora realizado.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.