Homicídio causado por disputa de ponto de prostituição será julgado

Crime ocorreu em 2014, na avenida Fernando Machado, em Chapecó

Por Oeste Mais

05/10/2021 15h12 - Atualizado em 05/10/2021 15h12



Na próxima semana, no dia 15 de outubro, vai acontecer o júri de dois homens acusados de homicídio ocorrido na avenida Fernando Machado, em Chapecó.

 

Conforme o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), o crime ocorreu em fevereiro de 2014, quando os autores chamaram outros quatro homens e uma mulher sob o pretexto de conversar e resolver desavenças antigas entre os envolvidos a respeito de pontos de prostituição no local.

 

Antes de acionarem a campainha do apartamento onde residia o casal, os visitantes foram atingidos com disparos de arma de fogo efetuados pelo companheiro do acusado que coordenou a ação, inclusive ao indicar em quem o homem deveria atirar.

 

A vítima morreu no local. O atirador responde por homicídio qualificado por uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e, ainda, por porte ilegal de arma de fogo. O outro acusado, apontado como mentor do crime, responde por participação no homicídio qualificado.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.