Pai que tentou matar o filho por defender mãe das agressões é condenado

Inconformado com a separação, ele agrediu a mulher e tentou jogá-la da janela e filho foi esfaqueado por tentar intervir

Por Redação Oeste Mais

31/08/2021 10h44



Na comarca de São Miguel do Oeste, na última sexta-feira, dia 26, houve o julgamento de um homem acusado de tentar matar o próprio filho no município, em março de 2020.

 

O caso se deu porque o filho do réu tentou defender a própria mãe das agressões que vinha sofrendo do homem. O rapaz teve o pulmão esquerdo perfurado depois de levar facada do autor. 

 

O acusado foi sentenciado a um ano, dez meses e seis dias de reclusão, em regime aberto.

 

Como tudo aconteceu

 

Segundo a denúncia, inconformado com a separação, o acusado foi até a casa da ex-companheira. Após agressões físicas, tentou jogar a mulher pela janela do segundo andar da residência.

 

O filho maior do casal interviu e tentou expulsar o homem da casa. Foi quando o agressor desferiu um golpe de faca, do tipo utilizada em frigoríficos com dois fios, no lado esquerdo do tórax da vítima. O processo tramita em segredo de justiça.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.