Acusado de homicídio em agroindústria de Chapecó é condenado a 12 anos de reclusão

Réu desferiu cinco golpes de faca em colega de trabalho, em março de 2020

Por Redação Oeste Mais

17/08/2021 10h28 - Atualizado em 17/08/2021 10h28



Foram quase 13 horas de debates (Foto: Divulgação)

O júri da última sexta-feira, dia 13, na comarca de Chapecó, teve como réu um imigrante do Haiti que desferiu cinco golpes de faca em colega de trabalho, de nacionalidade venezuelana. O crime ocorreu durante expediente dos dois em uma agroindústria de Chapecó. O acusado foi condenado a 12 anos de prisão, em regime fechado.

 

Foram quase 13 horas de debates. Um intérprete do idioma francês atuou durante o interrogatório do réu para garantir a compreensão do relato.

 

Os jurados reconheceram a qualificadora de uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

O crime

 

De acordo com a denúncia, por volta de 4h30 do dia 27 de março de 2020, o acusado desferiu cinco golpes de faca na vítima, que veio a óbito no local. Eles estavam trabalhando em uma agroindústria de Chapecó quando houve o desentendimento.

 

De acordo com a denúncia, a vítima atingiu o réu com um soco no rosto. Os dois foram encaminhados para a sala do supervisor. No retorno ao trabalho, ocorreu o crime.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.