Júri condena homem que assassinou colega de trabalho após discussão por comida

Vítima foi atingida com golpes de faca após questionar colega sobre não ter deixado ovos fritos para ele

Por Redação Oeste Mais

29/07/2021 14h40 - Atualizado em 29/07/2021 14h47



Um jovem de 19 anos, acusado de esfaquear um colega de trabalho após desentendimento sobre comida, foi condenado a 12 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, em sessão do Tribunal do Júri realizada na comarca de Ituporanga, no Vale do Itajaí.

 

O crime aconteceu em 31 de agosto de 2020, na localidade de Bela Vista. Colegas de trabalho, os envolvidos também dividiam moradia. O réu, segundo denúncia do Ministério Público, desferiu 11 golpes de faca nas regiões do pescoço, rosto, tórax e costas, com registro de lesões que causaram a morte da vítima.

 

Segundo a denúncia, o homicídio foi praticado por meio cruel e motivo fútil - pois ocorreu após a vítima questionar o colega sobre não lhe ter deixado ovos fritos e sugerir que cada morador da residência, ocupada por trabalhadores rurais, contribuísse com a aquisição do alimento.

 

O réu foi condenado por homicídio duplamente qualificado. Ele estava preso preventivamente desde setembro do ano passado no Presídio Regional de Rio do Sul.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.