Homem cumprirá 17 anos de prisão por trucidar jovem após festa em Jaraguá do Sul

Vítima de 21 anos foi morta após uma festa, com tiros e golpes de enxada na cabeça

Por Oeste Mais

22/07/2021 09h46 - Atualizado em 22/07/2021 09h46



Um homem que atirou contra um jovem em 2019 foi condenado por homicídio e corrupção de menor em sessão do Tribunal do Júri da comarca de Jaraguá do Sul, realizada na última terça-feira, dia 20.

 

Uma mulher, acusada de ser cúmplice, foi absolvida no mesmo julgamento.

 

A pena aplicada foi de 17 anos e dois dias de reclusão, em regime inicialmente fechado, "por força do quantitativo, da reincidência e da hediondez do crime mais grave", ressaltou o juiz Crystian Krautchychyn, titular da 1ª Vara Criminal de Jaraguá do Sul, que presidiu os trabalhos.

 

O réu já estava preso desde 2019 e seguirá no cumprimento de pena, sem direto de recorrer em liberdade, recolhido ao Presídio Regional de Jaraguá do Sul. O conselho de sentença, formado por sete jurados escolhidos por sorteio, reconheceu a autoria e a materialidade do crime.

 

O caso

 

O crime, segundo denúncia do Ministério Público, ocorreu na madrugada do dia 19 de maio de 2019, na Rua Hilda Friedel Lafin, em Jaraguá do Sul. A vítima, então com 21 anos, foi morta após uma festa, com tiros e golpes de enxada na cabeça.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.