Integrantes de organização criminosa do Oeste recebem mais de 260 anos de prisão

Grupo agia em São Miguel do Oeste, mas fazia parte de facção criminosa atuante em todo o estado, com tráfico de drogas

Por Oeste Mais

13/07/2021 13h44 - Atualizado em 13/07/2021 13h45



A sentença da Vara Criminal da comarca de São Miguel do Oeste condenou 21 homens e uma mulher pelo crime de promover e integrar organização criminosa. Dois deles também foram sentenciados por tráfico de drogas.

 

Somadas, as penas totalizam 265 anos de prisão, todas em regime inicial fechado e sem direito de recurso em liberdade. A sentença também aplicou multa aos réus, cujo montante ultrapassa R$ 80 mil.

 

Este é o desfecho da operação Célula Oeste, deflagrada pela Polícia Civil de São Miguel do Oeste, em novembro de 2020, após seis meses de investigação.

 

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o grupo agia especificamente em São Miguel do Oeste, mas fazia parte de uma facção criminosa atuante em todo o estado, cujo foco é o tráfico de drogas.

 

Os 22 acusados já estavam presos preventivamente. O caso segue em segredo da Justiça.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.