Dupla que assaltou e esfaqueou 25 vezes mulher trans é condenada em SC

Um dos autores era cliente da vítima e a chamou para um programa íntimo, com a promessa de também quitar dívidas anteriores

Por Redação Oeste Mais

02/07/2021 16h18 - Atualizado em 02/07/2021 16h18



Dois homens foram condenados por tentativa de latrocínio contra uma mulher trans, em crime registrado em Içara, no sul catarinense, em outubro de 2020.

 

Segundo a denúncia, um dos réus era cliente da vítima e a chamou para um programa íntimo, com a promessa de também quitar dívidas anteriores.

 

A vítima foi buscá-lo de carro, na companhia de outro homem. Ambos embarcaram no veículo. No trajeto, quando um dos pagamentos não foi autorizado na máquina de cartão da vítima, o denunciado anunciou o assalto e os dois, cada um com uma faca, desferiram diversos golpes contra a mulher.

 

Ela foi atingida diversas vezes, com o registro de 25 perfurações nos braços, pernas, face e regiões torácica e cervical. O crime só não se consumou porque a vítima conseguiu se desvencilhar das agressões e sair do veículo.

 

Já na rua, ela teve ajuda prestada por populares que moravam nas proximidades e, posteriormente, recebeu o devido atendimento médico. Os homens fugiram com o veículo e pertences da vítima.

 

Os dois réus foram condenados, pelo crime de tentativa de latrocínio, a 11 anos, cinco meses e quatro dias de reclusão, em regime inicial fechado, e ao pagamento de 146 dias-multa.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.