Empresário é condenado a 48 anos de reclusão por cometer golpe milionário em SC

Golpes foram aplicados na venda de apartamentos na planta, onde 40 pessoas foram lesadas, tendo prejuízo de R$ 4,5 milhões

Por Oeste Mais

28/08/2020 08h52 - Atualizado em 28/08/2020 08h52



A Justiça de Santa Catarina condenou um empresário do ramo imobiliário a 48 anos de reclusão, em regime fechado, e 470 dias-multa, pela prática de associação criminosa e 41 crimes de estelionato, em Blumenau. Os golpes foram aplicados na venda de apartamentos na planta, os quais nunca foram entregues às vítimas. Algumas unidades, inclusive, foram vendidas em duplicidade.

 

Neste processo, referente a um único edifício, 40 pessoas foram lesadas - um prejuízo aproximado de R$ 4,5 milhões. O mesmo golpe, em relação a outros edifícios em construção na cidade de Blumenau, é apurado em outros feitos.

 

Além do empresário, outro réu foi condenado à pena de três anos e seis meses de reclusão, em regime aberto, substituída por duas restritivas de direitos, e 25 dias-multa, pela prática do crime de associação criminosa e de quatro crimes de estelionato. Um terceiro réu foi condenado à pena de quatro anos e quatro meses de reclusão, em regime semiaberto, e 33 dias-multa, pela prática do crime de associação criminosa e de três crimes de estelionato.

 

Os réus também foram condenados ao ressarcimento dos prejuízos causados às vítimas. O processo tramita em segredo de justiça.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.