Pit Bulls que passeavam com adestrador atacam cachorro de rua

Adestrador estaria passeando com pelo menos seis cachorros sem focinheira

Por Oeste Mais

12/02/2019 14:11 - Atualizado em 12/02/2019 14:11



Um cão de rua foi atacado por cães ferozes na manhã desta segunda-feira, dia 11, no centro de Joaçaba. A Polícia Militar foi acionada por populares, que relataram que um adestrador de cães passeava com aproximadamente seis pitbulls, sem o uso de focinheiras.

 

De acordo com eles, o cuidador não conseguiu conter os cães, que atacaram e feriram o cachorro, tendo que ser auxiliado por pessoas que passavam pelo local. Ainda conforme as testemunhas, o adestrador teria deixado o local sem prestar socorro. O cachorro foi encaminhado a uma clínica para os cuidados necessários.

 

Diante dos fatos, a guarnição confeccionou o boletim de maus tratos contra animais e comunicou o fato à Polícia Civil.

 

Versão do adestrador

 

O adestrador de cães relata que realizava um trabalho voluntário de passear com os cães que são hóspedes temporários de uma ONG, quando o cachorro de rua se aproximou e mordeu o focinho de um pastor alemão, que respondeu com agressão.

 

Ele afirma que não teve ajuda de ninguém, e que as pessoas ficaram apenas assistindo e filmando a cena. Afirma também que a lei municipal não exige o uso de focinheiras, que são uma forma de maus tratos, pois impede a respiração e transpiração dos cães, o que pode causar até a morte do animal.

Com informações do Caco da Rosa


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.