Pilotos da região participam de curso com ícone do motocross em Passos Maia

Multicampeão Anderson Cidade esteve no município ministrando treinamento no final de semana

Por Oeste Mais

11/08/2015 13:54 - Atualizado em 25/10/2015 14:01



Ícone do motocross, o piloto catarinense Anderson Cidade esteve em Passos Maia no último final de semana para ministrar um curso a 11 pilotos de diversos municípios da região. Foram dois dias de atividades, com instruções teóricas e trabalhos práticos.

O curso foi baseado em técnicas de posicionamento para pilotagem, com o objetivo de aumentar a segurança do piloto sobre a motocicleta, proporcionando maior segurança, menor risco de quedas e, por consequência, maior velocidade durante as competições.

O passosmaiense Matheus Karch participa de provas de motocross e disse que uma amizade com Anderson favoreceu para que o multicampeão estivesse no município. “No sábado, numa pista de motocross, foram passadas várias instruções sobre posicionamento em curvas, aceleração, frenagem, saltos, além de muitas dicas de manutenção e ajustes das motocicletas”, conta.

Já no domingo, dia 9, trilhas por onde já passaram os encontros de trilheiros e enduros em Passos Maia serviram para colocar o aprendizado à prova na modalidade enduro (fora de estrada), “que apesar de muito semelhante ao motocross, realizado em pistas, é praticado em terreno diferenciado, usando regulagens da moto e acertos de suspensão próprios para o fora de estrada e provas de longa duração”, explica Matheus.

Além de Passos Maia, participaram do curso pilotos dos municípios de Água Doce, Catanduvas, Irani, Concórdia, Chapecó e São Lourenço do Oeste. Todos receberam certificado ao final do treinamento. “Anderson conseguiu nos mostrar que as modalidades distintas se completam e se relacionam, onde o que se aplica numa modalidade pode ser usado em outra. O curso foi finalizado com um almoço de confraternização oferecido pela família da dona Cleusa Gabiatti em sua propriedade”, completa Matheus.

Anderson Cidade

O piloto é natural de São José (SC) e iniciou no esporte com apenas quatro anos de idade. O talento natural e a dedicação necessária a qualquer atleta de alto nível levaram Anderson rapidamente aos primeiros resultados, ganhando destaque nacional ainda novo.

Após ser Campeão Brasileiro nas categorias de base e vencedor do Prêmio Moto de Ouro, onde foi apontado pela mídia como piloto revelação, continuou acumulando títulos. Em 2010 chegou ao auge da carreira, sendo um dos três representantes do Brasil no Motocross das Nações, evento realizado nos Estados Unidos e considerado a Copa do Mundo do esporte. Em 2013 foi convocado novamente. Desta vez a competição foi na Alemanha.

Atualmente ele compete nas principais categorias, a MX1 (450 cilindradas) e MX2 (250 cilindradas). Veja abaixo as conquistas acumuladas:

- Campeão Brasileiro de Motocross 65cc 2003
- Campeão Catarinense de Motocross 65cc 2003
- Campeão Sul Brasileiro de Motocross 65cc 2003
- Campeão Copa FUM - Uruguai - 65cc 2003
- Vice-Campeão Brasileiro de Motocross 85cc 2005
- Campeão Brasileiro de Supercross 85cc 2005
- 5º lugar Latino Americano de Motocross – Venezuela - 85cc 2005
- Campeão Catarinense de Motocross MX1 e MX2 2007
- Vice-Campeão Brasileiro de Motocross MXJr 2008
- Campeão Catarinense de Supercross SX2 2008
- Campeão Catarinense de Motocross MX1 e MX2 2010
- 5º lugar Superliga Brasil de Motocross MX2 2010
- 17º lugar GP Brasil Mundial de Motocross 2010 MX2
- 42ª colocado Campeonato Mundial de Motocross MX2 2010
- 18º lugar Motocross das Nações EUA 2010 – Team Brasil (apenas 3 pilotos brasileiros convocados)
- 5º colocado Pan-Americano de Supercross México 2011
- 4º colocado Brasileiro Arenacross MX2 2012
- Campeão Catarinense de Motocross MX2 2013
- Convocado para o Motocross das Nações 2013 – Alemanha
- 4º lugar Brasileiro de Motocross MX2 2014
- Vice-Campeão Brasileiro de Arenacross MX2 2014













COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.