Em uma semana como governador, Comandante Moisés oficializa corte de 345 cargos

Foram 711 demissões para 366 nomeações, conforme a Secretaria de Administração

11/01/2019 13:51



Em uma semana de medidas como governador eleito, Carlos Moisés da Silva (PSL) fez 711 demissões e 366 nomeações de cargos comissionados. Com isso, foram 345 cargos cortados, segundo a Secretaria de Administração do Estado.

 

As contratações e exonerações foram confirmadas entre o primeiro Diário Oficial do Estado (DOE) do ano, publicado na última quarta-feira dia 2 de janeiro, e o de quarta-feira, dia 9.

 

Conforme o Governo do Estado, o número de cortes proposto pelo governador ao assumir o comando, de 922 cargos comissionados, principalmente entre sobreposições de funções, só será atingido com a reforma administrativa e extinção das Agencias de Desenvolvimento Regional (ADR).

 

ADRs

 

O governador disse em 2 de janeiro que pretendia fazer como primeiro decreto a extinção das estruturas, mas dois dias após cortar cargos nas ADRs, realizou contratações.

 

Até esta sexta-feira, dia 11, o decreto não havia sido publicado. Foram exonerados, no dia 2 de janeiro, 59 funcionários das 19 unidades regionais, com cargos que variam de assessor de comunicação a gerente de educação.

 

No dia 4 de janeiro, o governador oficializou a recontratação das funções de cargos de gerência, de Saúde a Infraestrutura. Foram 28 novos comissionados em 16 unidades regionais.

Do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.