Corpo encontrado no interior de Jaborá é de jovem desaparecida há um mês

IGP confirmou no início da noite desta quinta que corpo é de Mariane Telles

Por Oeste Mais

16/04/2015 14:30 - Atualizado em 25/10/2015 14:01



A apreensão de um mês sem notícias da jovem Mariane Telles terminou nesta quinta-feira, dia 16, de forma triste. O corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado no início da tarde em uma fazenda no interior do município de Jaborá. A suspeita de que o cadáver fosse da jovem foi confirmada horas depois.

Informações iniciais revelaram que o corpo era de uma pessoa do sexo feminino, que usava aparelho e vestia uma camiseta verde. Em entrevista coletiva no início da noite, o coordenador do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Joaçaba, Leandro Paniago, confirmou serem mesmo os restos mortais de Mariane Telles, que estava desaparecida exatamente há 30 dias.

O corpo foi localizado na Fazenda Café Preto, na comunidade São João do Jacutinga, a cerca de 15 quilômetros do Centro de Jaborá, quase na divisa com o município de Catanduvas. Moradores da localidade faziam a colheita de pinhão quando encontraram o cadáver.

Técnicos do IGP realizaram os procedimentos no local e levaram o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Joaçaba para um exame de necropsia. Autoridades policiais acompanharam todos os procedimentos desde o momento em que a vítima foi localizada.

Mariane sumiu na tarde do dia 16 de março, por volta das 15 horas. Ela foi vista pela última vez no Senai de Joaçaba, no horário do intervalo, onde era estagiária. A jovem, que morava em Herval d'Oeste, realmente vestia camiseta verde, mesma cor da roupa que estava ao ser encontrada.

A Polícia Civil informou que irá se manifestar nesta sexta-feira, dia 17, em entrevista coletiva prevista para as 10 horas da manhã.



COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.