Coordenadores da Defesa Civil de 36 municípios participam de capacitação na Amai

Treinamento foi ministrado por coordenadores das regionais de Xanxerê e Chapecó ao longo de dois dias

Por Oeste Mais

17/04/2019 08:14



Atividades foram realizadas ao longo de dois dias (Foto: Cristiane Aline)

Dois dias de capacitação foram realizados nesta semana com coordenadores municipais da Defesa Civil da região. O evento ocorreu no auditório da Amai (Associação dos Municípios do Alto Irani) em Xanxerê.

 

O coordenador regional da Defesa Civil de Xanxerê, Luciano Peri, e da regional de Chapecó, Clair Bazi, abordaram sobre o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID), do governo federal, utilizado pelos municípios para cadastros e encaminhamentos de homologação e reconhecimento de situações de emergência ou calamidade pública.

 

A capacitação reuniu coordenadores municipais da Defesa Civil de 36 cidades que englobam as regionais de Xanxerê e Chapecó. O primeiro encontro ocorreu na segunda-feira, dia 15, com a abordagem de questões referentes ao acesso ao sistema e alimentação das informações básicas, através do Formulário de Informações e Desastres (Fide), Declaração Municipal de Atuação Emergencial (Dmate) e outros documentos necessários para os processos. Já na terça-feira, dia 16, os coordenadores aprofundaram a questão de solicitação de recursos para resposta e reconstrução.

Capacitação envolveu coordenadores municipais da Defesa Civil de 36 cidades (Foto: Cristiane Aline)

“O sistema já é utilizado, mas agora com novas ferramentas, por isso estamos atualizando as informações e capacitando sobre os meandros a serem seguidos, documentações e condicionantes para encaminhamento e aprovação das solicitações. A capacitação permite que os municípios entendam as minúcias do processo, para que as solicitações sejam mais ágeis e facilitadas para inserção das informações”, explica Peri.

 

O coordenador da Defesa Civil de Chapecó diz que o trabalho em conjunto das regionais possibilita um melhor atendimento e reação em casos de desastres. “A Defesa Civil do Estado é dividida em regiões, cada coordenador regional atende a um número de municípios, divididos em associações. Porém, na hora de um evento climático, nos auxiliamos, o mesmo acontece na capacitação, reunimos as regionais para que todos se comuniquem da mesma forma, assim, em casos de ausência de um, o outro auxiliará o município no mesmo nível de qualidade”, finaliza Clair Bazi.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.