Semana dos Orgânicos realiza ações em seis municípios de SC

Atividades acontecem em Chapecó, Florianópolis, Criciúma, Gaspar, Tubarão e Blumenau

Por Oeste Mais

27/05/2019 07h53 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Santa Catarina é o quarto maior produtor de orgânicos do Brasil e o cultivo de alimentos sem agrotóxicos cresce em ritmo acelerado no estado. Com o tema “Qualidade e saúde: do plantio ao prato”, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento promove desde este domingo, dia 26, a Semana dos Orgânicos, com uma programação especial em vários municípios catarinenses até o próximo sábado, dia 1º de junho.

 

Com seminários e feiras, a Semana dos Orgânicos pretende informar os consumidores sobre como reconhecer o produto orgânico e estimular a participação no controle de qualidade dos alimentos, melhorando a relação de confiança com os produtores. Estão previstas ações em Chapecó, Florianópolis, Criciúma, Gaspar, Tubarão e Blumenau — programação em cada cidade.

 

No Oeste será realizada uma atividade em Chapecó, com orientação aos consumidores do Mercado Público, por membros da Comissão da Produção Orgânica em Santa Catarina. O evento está marcado para esta terça-feira, dia 27, no Mercado Público Regional de Chapecó, das 8 às 12 horas.

 

O Ministério da Agricultura pretende com as atividades informar sobre os cuidados, direitos e obrigações que os produtores, consumidores, processadores e comerciantes devem ter para garantir que estão comprando, vendendo ou consumindo produtos verdadeiramente orgânicos, além de estimular gestores municipais e estaduais a ampliarem a compra de alimentos da agricultura familiar e orgânicos para a merenda escolar, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

 

“Cada vez mais, os consumidores estão voltando os olhos para os produtos orgânicos e esta se tornou uma importante atividade para os agricultores catarinenses. É uma alternativa de produção que pode agregar valor e trazer mais renda para os produtores rurais. Essa aproximação com os consumidores é fundamental para estabelecer uma relação de confiança e também para valorizar a produção de alimentos orgânicos por seu benefício à saúde e meio ambiente”, ressalta o secretário da Agricultura e da Pesca, Ricardo de Gouvêa.

 

Produção de alimentos orgânicos em SC

 

Com 1.275 unidades de produção cadastradas, Santa Catarina está entre os cinco maiores produtores de orgânicos do país. Segundo o Cadastro Nacional de Produtos Orgânicos do Ministério da Agricultura, o número de agricultores catarinenses que se dedicam ao cultivo de alimentos orgânicos aumentou 12,9% entre 2017 e 2018. O município de Santa Rosa de Lima, na região Sul, é o principal produtor do estado.

 

Agricultura orgânica

 

A produção orgânica não utiliza agrotóxicos e fertilizantes solúveis ou sintéticos, organismos geneticamente modificados e radiações ionizantes em qualquer fase do processo de produção, processamento, armazenamento, distribuição e comercialização.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.