Candidatos são convocados para segunda fase de concurso público do IGP

Aprovados na primeira etapa deverão passar agora pelo Exame de Avaliação de Aptidão Psicológica Vocacionada e de Títulos

Por Oeste Mais

19/01/2018 09h48 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e o Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (Ieses) estão convocando os candidatos aprovados na prova objetiva de conhecimentos para o nível inicial das carreiras de perito oficial e técnico pericial do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina para o Exame de Avaliação de Aptidão Psicológica Vocacionada e de Títulos.

 

As pessoas relacionadas no documento convocatório (folha 1folha 2 e folha 3) deverão comparecer ao Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas da Esag (Udesc) no domingo, dia 4 de fevereiro de 2018, às 14 horas, para a realização da prova. É necessária a apresentação do documento de identificação original e estar presente 30 minutos antes do horário marcado para o teste.

 

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) fica na Avenida Madre Benvenuta, 2037, no Bairro Itacorubi em Florianópolis.

 

Etapas do concurso

 

As provas do Concurso Público 001/2017 aconteceram no dia 26 de novembro de 2017 em oito cidades de Santa Catarina: Florianópolis, Joinville, Blumenau, Criciúma, Itajaí, Lages, Joaçaba e Chapecó. Os candidatos responderam a 80 questões objetivas.

 

São 49 vagas para os cargos de perito criminal, perito criminal bioquímico, perito médico-legista e perito odontolegista. Outras duas vagas são para a função de papiloscopista. Os vencimentos para os aprovados vão até R$ 15.820,84.

 

O concurso público está sob responsabilidade do Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (Ieses) e é coordenado pela Comissão de Concurso Público IGP/SSP. O resultado final da seleção, após as cinco fases, será conhecido no dia 4 de maio deste ano.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.