Passosmaienses aprendem pratos à base de massa e defumados e embutidos de frango

Administração municipal ofereceu gratuitamente dois novos cursos em parceria com o Senar

Por Jhonatan Coppini

25/05/2016 17h15 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Cursos são oferecidos pela administração municipal em parceria com o Senar (Fotos: Divulgação)

Duas novas turmas aperfeiçoaram as técnicas de culinária com os cursos de produção caseira de massas para congelamento e defumados e embutidos de carne de frango oferecidos nesta semana pela administração municipal de Passos Maia, através da Secretaria de Agricultura.

 

Mais de 20 alunos participaram das atividades ministradas pelo Senar em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Ponte Serrada. Lasanhas, canelones, tortéis, anholine, ravióli, pastelão, quiche, pizza e pastel foram os pratos produzidos.

 

Marli Pasquali Wilhner é instrutora do Senar há 17 anos e foi quem repassou as técnicas à turma. Dez alunas participaram de 16 horas de atividades. “Foram todos pratos à base de massa para congelar. Elas aprenderam desde a produção da massa, os recheios e o processo de congelamento”.

 

Solange Santin mora na cidade, mas tem propriedade na Linha Bela Planície. Ela decidiu fazer o curso para aprender novas técnicas e tirar dúvidas. “Os pratos que aprendemos são os que a gente já fazia, mas não sabia o ponto certo para guardar. Valeu a pena participar”, avaliou a aluna, que já pensa em mostrar as receitas ao esposo, o filho e a nora, com quem mora. “Vamos fazer para ver se eles aprovam”, disse.

 

A diretora de Agricultura de Passos Maia, Cleusa Gabiatti, lembra que vários outros cursos já ocorreram no município, como os de embutidos de carne suína e de frango, defumados de carne de frango, jardinagem e o curso de defumados e embutidos de frango, realizado também nesta semana com 12 participantes na Linha Guabiroba.

 

Outras atividades já estão programadas para o decorrer do ano. O próximo curso será de confeitaria, nos dias 19 e 20 de julho, na Linha Guabiroba. Ainda sem datas marcadas, também estão previstos os cursos de tratamento de palanques, plantas medicinais, GTA eletrônico e nota de produtor eletrônica.












COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.