Prefeito de Ponte Serrada deve ingressar oficialmente no PSDB

Encontro com lideranças do partido está previsto para o meio-dia desta sexta no município

Por Oeste Mais

24/09/2015 12h09 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



O PSDB de Santa Catarina vai cumprir neste final de semana uma extensa agenda pelo Oeste e Meio Oeste para filiar importantes lideranças com vistas às eleições municipais de 2016. Na reta final do prazo estipulado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para filiações de candidatos, vários eventos estarão ocorrendo em paralelo no estado.

Um dos destaques do roteiro do PSDB é o ingresso do prefeito de Ponte Serrada, Eduardo Coppini, que deverá trocar o PTB pelo partido tucano. O evento no município está marcado para esta sexta-feira, dia 25, às 11h30.

Mais cedo, às 10 horas, o presidente estadual da sigla, deputado Marcos Vieira, também participará de um ato para novas filiações no município vizinho de Xanxerê. Outros municípios, como Porto União, Guaramirim, São Bento do Sul e Navegantes ainda farão eventos de novas filiações nesta sexta.

No sábado, dia 26, o roteiro continua por São Miguel do Oeste, com um grande encontro de lideranças para a chegada ao PSDB da vereadora Cris Zanatta Massaro, ex-PMDB, presidente da Câmara de Vereadores do município. O encontro será às 10 horas. Outras filiações vão ocorrer nos municípios de Jardinópolis, às 13h30, e Nova Erechim, 15h30.

"É a reta final das filiações de lideranças que vão concorrer nas eleições do ano que vem. O PSDB, através de todas as suas lideranças, está mobilizado para qualificar ainda mais seus quadros nos municípios. Sem dúvida estamos muito satisfeitos com o trabalho feito até aqui, e convictos de que chegaremos ao dia 2 de outubro com um número expressivo de novas filiações e rompendo a barreira histórica de 100 mil tucanos no estado", disse o presidente do PSDB-SC, deputado Marcos Vieira, por meio da assessoria de imprensa.



COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.