Dive confirma 1.078 casos de dengue em Santa Catarina

Novo relatório foi divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica

Por Oeste Mais

07/04/2015 10h32 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) divulgou nesta segunda-feira, dia 6, um novo boletim sobre a situação da dengue em Santa Catarina. De 1º de janeiro a 6 de abril de 2015 foram confirmados 1.078 casos da doença no estado.

Do total, 816 foram transmissões internas, 60 fora de Santa Catarina, três casos indeterminados e 199 estão em investigação para definir o local de transmissão. Outros 2.321 foram descartados por apresentarem resultado laboratorial negativo para dengue.

O estado registrou até agora 3.379 focos do mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença. Os municípios de Balneário Camboriú, Chapecó, Coronel Freitas, Guarujá do Sul, Guatambu, Itajaí, Itapema, Joinville, Palmitos, Passo de Torres, Pinhalzinho, Planalto Alegre, São Miguel do Oeste, Serra Alta, Xanxerê e Xaxim são considerados infestados pelo mosquito, definição realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.

Orientações:

• Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;
• Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
• Mantenha lixeiras tampadas;
• Deixe os depósitos para guardar água sempre vedados, sem nenhuma abertura, principalmente as caixas d’água;
• Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
• Trate a água da piscina com cloro e limpe uma vez por semana;
• Mantenha ralos fechados e desentupidos;
• Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
• Retire a água acumulada em lajes;
• Dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
• Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
• Evite acumular entulho, pois podem se tornar locais de foco do mosquito da dengue.



COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.