Manifestação na BR-282 é realizada pelo segundo dia seguido em Ponte Serrada

Motoristas tiveram apoio maior da população e prometem novo ato para este sábado

Por Redação Oeste Mais

27/02/2015 15h13 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



O município de Ponte Serrada viveu seu segundo dia consecutivo de protestos nesta sexta-feira, dia 27. Manifestantes voltaram a se mobilizar no mesmo trecho onde houve um primeiro manifesto na quinta-feira, dia 26. O local fica no distrito de Baía Alta, em um ponto da BR-282 bem próximo ao acesso a Passos Maia.

A rodovia chegou a ser completamente bloqueada por volta das 16 horas, com apenas veículos de passeio e carros da saúde tendo passagem. Pneus foram novamente incendiados. O protesto começou ainda no início da tarde, terminando por volta das 19 horas. Os caminhoneiros prometem um novo ato para este sábado, dia 28.

A CDL de Ponte Serrada inclusive lançou nesta sexta um comunicado convidando os lojistas do município a participarem da ação. O presidente Luiz Carlos Bavaresco pediu o apoio dos comerciantes. Vários se dirigiram até as margens da rodovia e engrossaram o coro dos motoristas, que lutam pela queda do diesel e melhores condições nas estradas, entre outras reivindicações.

De acordo com os manifestantes, o protesto, que novamente aconteceu a cerca de três quilômetros do trevo principal da cidade, só não é realizado mais próximo ao Centro pela falta de espaço para estacionar os caminhões e carretas, já que veículos parados na pista são passíveis de multa. O ato também ocorreu em um local mais distante da cidade por causa da fumaça dos pneus, queimados inclusive no momento em que choveu, ainda durante a tarde.

Veja abaixo entrevista concedida por um dos caminhoneiros no momento em que a rodovia estava bloqueada:












COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.