Agricultor colhe abóbora com mais de 200 quilos no interior de Irani

Trator foi necessário para transportar o legume até o pátio da residência

Por Oeste Mais

01/02/2015 20h23 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Uma abóbora gigante foi colhida na manhã deste domingo, dia 1º, por um agricultor de Irani. Arno Lohmann, 51 anos, mora na comunidade de Lajeado Casagrande. A casa dele fica a cerca de 500 metros da BR-153. Seu Arno é produtor de abóboras. A maior colhida por ele, até então, pesou 61 kg. O feito lhe rendeu prêmio de primeiro lugar em concurso realizado anos atrás em uma feira no município de Pinhalzinho. Certo dia, um técnico fumageiro de Ipira que presta assistência na propriedade conheceu a plantação de abóboras da família Lohmann. Olávio Conte disse que era amigo de um produtor de Descanso (SC) que havia importado sementes de abóbora dos Estados Unidos. As sementes estrangeiras renderam a esse produtor um fruto de 267 kg. Dessa abóbora foram extraídas as sementes entregues a seu Arno. Foram quatro unidades. Seu Arno plantou as sementes em setembro do ano passado. Cético no começo, com o tempo foi vendo que a promessa do técnico fumageiro se concretizava aos poucos. Das quatro sementes apenas uma vingou. Ela rendeu quatro frutos, sendo que apenas a que seria gigante se manteve. Seu Arno imaginava que a abóbora daria no máximo 30 quilos. À medida que ela ia crescendo em um terreno pedregoso próximo à estrada geral, os cuidados foram aumentando. O mato havia encoberto a abóbora. Adubação, ureia, nitrato, proteção contra o sol, tudo para fortalecê-la. Na semana passada o filho de seu Arno percebeu que o fruto estava pronto para ser colhido. Mas foi nesta semana que, ao ver o cabo apodrecendo pela ação do tempo, resolveram tirá-la do solo. Um trator teve que ser utilizado para transportar a abóbora até o pátio da casa. A surpresa, ao pesar, foi a marca de 214 quilos. Seu Arno conta que o solo é produtivo. Ele lembra que já plantou tomate que chegou a pesar um quilo. Ele revela que vai deixar a abóbora mais uns dias exposta para depois cortá-la. Ele pretende guardar as sementes para plantar. A intenção é cultivar abóbora maior que a colhida neste primeiro dia de fevereiro.



Atual FM / Michel Teixeira


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.