Ney Franco revela recusa ao time sub-20 da Seleção para assumir a Chapecoense

Treinador fala sobre conversa com Branco, mas opta por trabalhar na Série A do Brasileiro

30/03/2019 11:08 - Atualizado em 30/03/2019 11:08



Depois de quase duas semanas, a Chapecoense apresentou o novo técnico para a sequência na temporada. Ney Franco, de 52 anos, estava sem clube desde o acesso com o Goiás, na Série B do ano passado, mas não por falta de propostas.

 

Anunciado na quinta-feira, dia 28, o treinador desembarcou nesta sexta em Chapecó. A negociação iniciou logo após a saída de Claudinei Oliveira, no dia 17 de março. No entanto, Ney pediu um tempo ao Verdão para definir se aceitaria um outro convite: comandar a seleção brasileira sub-20.

 

- Quando a Chape me ligou, tive um contato com o Branco, diretor de base da CBF. Pedi um tempo para a Chapecoense, não priorizar lá, mas porque conversava primeiro. Quando acertamos agora, ainda estava em andamento a conversa com o Branco. Chegou o momento que meu agente me ligou, depois falei com o Newton e achei essa possibilidade muito boa para minha carreira.

 

Com passagens por Flamengo e São Paulo, Ney Franco aposta na experiência para comandar o Verdão na reta final do estadual e no Brasileirão. O foco está nos jogadores.

 

- Tenho experiência em Brasileiro, em grandes clubes e quero trazer isso para cá. O principal, o que faz essa máquina funcionar, é o grupo de atletas. Espero tirar o máximo deles, direcionar o trabalho e que eles correspondam em campo.

 

O novo treinador não fará a estreia neste domingo, quando a Chape encara o Brusque. O interino Emerson Cris permanece na área técnica.

Ney Franco assinou com a Chapecoense (Foto: Liamara Polli)

Do Globo Esporte


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.